Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Zeca Pagodinho: "Se brasileiro samba, português também"

Aos 61 anos, Zeca Pagodinho é um dos nomes incontornáveis da música brasileira.
Miguel Azevedo 15 de Fevereiro de 2020 às 07:14
Zeca Pagodinho 
Zeca Pagodinho  FOTO: Getty Images
Zeca Pagodinho, um dos grandes nomes do samba, está de regresso a Portugal. A sua ‘Roda de Samba’ sobe hoje ao palco do Casino Estoril.

CM – Que espetáculo é este que traz a Portugal?
Zeca Pagodinho – É um projeto que tem feito grande sucesso no Rio de Janeiro. Está sempre lotado. É um espetáculo que tem todos os sambas que as pessoas conhecem da minha carreira.

CM - Que encanto tem o samba tocado e cantado em Portugal numa altura em que por cá ainda se vive o inverno?
Zeca Pagodinho - Cantar em Portugal é muito legal. Eu já passei pelo Coliseu várias vezes, e posso assegurar que se o brasileiro samba, o português também.

CM - Tem uma escola de música para crianças. É de pequenino que se aprende o samba?
Zeca Pagodinho - Na verdade, é uma instituição de solidariedade. Aprende-se música mas também se ensina outras matérias, desde a informática até às línguas, como o espanhol e o inglês.

CM - Como é que é a sua relação com Portugal?
Zeca Pagodinho - Tenho bisavó portuguesa e posso dizer que conheço tudo. Sempre que vou a Portugal, por exemplo, vou aos fados. Até já gravei com a Raquel Tavares. Dou-me sempre bem em Portugal.n
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)