Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Associação de Árbitros avança com queixa na PJ contra piratas informáticos após ataque

Grupo não terá conseguido aceder aos dados pessoais dos árbitros por estarem numa base de dados à margem do 'site'.
Francisca Genésio 19 de Janeiro de 2020 às 17:04
Site da Associação de Árbitros alvo de ataque de hackers em defesa de Rui Pinto
Rui Pinto
Site da Associação de Árbitros alvo de ataque de hackers em defesa de Rui Pinto
Rui Pinto
Site da Associação de Árbitros alvo de ataque de hackers em defesa de Rui Pinto
Rui Pinto

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) já avançou com queixa na Polícia Judiciária contra o grupo de piratas informáticos ‘CyberTeam’ que este domingo atacou o site, revelou ao CM fonte oficial da APAF.

O grupo não conseguiu, no entanto, aceder aos dados pessoais dos árbitros. Ao que o CM apurou, a informação privilegiada encontra-se numa base de dados à margem da página oficial. "A APAF já acedeu aos últimos acessos a essa base de dados e confirmou que não há qualquer informação pessoal comprometida", garante fonte oficial. Toda a documentação está, no entanto, a ser enviada para a Polícia Judiciária, de forma a fundamentar a queixa e a ajudar na investigação.

A APAF já fez saber, através de um comunicado, que repudia este ataque. "A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) não pode deixar de repudiar o ataque de que o seu website foi alvo. Um ataque cujo verdadeiro intuito ou motivo não conseguimos entender e que se materializou numa alteração da homepage do site da Associação", pode ler-se.

Ao abrir a página oficial da APAF, surgia uma fotografia de Rui Pinto, o pirata informático preso preventivamente que foi, recentemente, indiciado por pelo menos 90 crimes de acesso ilegítimo, acesso indevido, violação de correspondência, sabotagem informática e tentativa de extorsão, relacionados com o futebol português.

Juntamente com a fotografia, surgia um texto de apoio ao pirata informático português, criticando a Justiça portuguesa por não investigar a corrupção no futebol português com base na informação obtida pelo pirata informático. "Eu oficialmente levantei o cartão verde para todo o futebol português e, exclusivamente, afirmo 'F***-se o futebol", pode ler-se abaixo da fotografia de Rui Pinto.

O grupo de piratas informáticos garante ainda ter acesso a outros serviços relacionados com Federações Portuguesas de futebol e que poderão ser utilizadas no futuro para outros ataques similares. 

A página da APAF foi atacada cerca das 05h00 desta madrugada, mas o ataque só foi detetado por volta da hora de almoço. Foi resolvido cerca das 15h30.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)