Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Atleta do Benfica processa polícia em Inglaterra

Recordista nacional dos 400 metros fala em abuso de poder e em atitudes racistas por parte dos agentes da autoridade.
Ricardo Tavares 7 de Julho de 2020 às 08:39
Ricardo dos Santos
Ricardo dos Santos FOTO: Luis Manuel Neves
O recordista nacional dos 400 metros, Ricardo dos Santos, vai processar a polícia londrina. O atleta do Benfica foi algemado e detido, sábado à tarde, em Londres, depois de ser mandado parar pelas autoridades, quando seguia de carro com a mulher e o filho, recém-nascido.

“Parámos quando nos sentimos seguros para o fazer, estávamos no meio da estrada e vinham carros no sentido contrário. Não demorei mais de 20 segundos a parar”, disse o velocista, de 25 anos, à Lusa, acrescentando: “Quando chegaram perto de mim, estavam prontos para bater. Tiraram o bastão, tiraram-me o telemóvel e atiraram-me contra a parede. Gritei que tinha dores e disseram-me que cheirava a canábis”. Ricardo dos Santos diz que nunca fumou e sugeriu que o submetessem a um teste, o que, garante, não foi feito.

O atleta fala em “abuso de poder” e em atitudes racistas dos agentes da autoridade, que promete processar. Conta, por outro lado, que desde que comprou um carro de uma melhor gama (Mercedes) os incidentes passaram a ser recorrentes.

A polícia britânica, depois de visionar os vídeos partilhados nas redes sociais e as imagens recolhidas pelas câmaras que os agentes tinham nas fardas, concluiu “não existir preocupação com a conduta” dos polícias que participaram na “operação Stop”.

Ricardo dos Santos, que representou o Sporting, e a mulher são treinados por Linford Christie, antigo campeão olímpico, mundial e europeu dos 100 metros. Segundo um dirigente do atletismo do Benfica contactado pelo CM, o atleta “é um homem muito calmo”.
Ricardo dos Santos Benfica Inglaterra Londres desporto futebol atletismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)