Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Bruno Fernandes fala em honra e privilégio por capitanear Manchester United

Médio de 26 anos chegou a Old Trafford em janeiro e envergou, na terça-feira, pela primeira vez a braçadeira de capitão do clube,
Lusa 21 de Outubro de 2020 às 15:04
Bruno Fernandes
Bruno Fernandes FOTO: EPA/Ina Fassbender
O futebolista português Bruno Fernandes assumiu esta quarta-feira ter sido uma "honra e um privilégio enorme" ter capitaneado o Manchester United na vitória por 2-1 no terreno do Paris Saint-Germain, em jogo da Liga dos Campeões.

O médio de 26 anos chegou a Old Trafford em janeiro e envergou, na terça-feira, pela primeira vez a braçadeira de capitão do clube, face à ausência do defesa central Harry Maguire.

"Outro sonho tornado realidade e coroado com uma grande vitória na Liga dos Campeões. Uma honra e um privilégio enorme ter capitaneado um clube como o Manchester United, foi um momento indescritível de emoções fortes para mim", escreveu o antigo capitão do Sporting.

Bruno Fernandes terminou a legenda de uma fotografia divulgada na sua página oficial na rede social Instagram com uma mensagem motivacional: "Acredita e luta pelos teus sonhos até ao dia em que possas vivê-los de olhos abertos".

O português marcou o primeiro golo aos 23 minutos, na conversão de uma grande penalidade, no terreno do vice-campeão europeu, que empatou graças a um autogolo do francês Martial, aos 55, tendo Rashford assegurado o triunfo da formação inglesa, aos 87.

Após a primeira jornada, o Leipzig, que venceu os turcos do Basaksehir por 2-0, lidera o Grupo H da 'Champions', com os mesmos três pontos do Manchester United.

Paris Saint-Germain Bruno Fernandes Manchester United Liga dos Campeões desporto futebol
Ver comentários