Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Carlos Carvalhal: “Estamos apostados em levar o troféu”

Treinador do Sp. Braga compara novela Paulinho ao caso Cavani que esteve 45 dias a caminho da Luz.
Secundino Cunha 23 de Janeiro de 2021 às 09:29
Carlos Carvalhal
Carlos Carvalhal FOTO: Luís Vieira
"Isso já faz parte do anedotário do futebol nacional. Faz-me lembrar a história de um grande jogador que, no início da época, esteve para vir para Portugal e que não veio e que, mesmo assim, fez manchetes durante 45 dias”. Foi assim que, logo no início da conferência de imprensa de antevisão da final deste sábado, Carlos Carvalhal reagiu à questão da gestão emocional de Paulinho, relativamente ao alegado interesse do Sporting no ponta de lança arsenalista.

Quanto ao jogo, o técnico do Sp. Braga disse que a equipa está focada e preparada para um jogo complicado, mas que só pensa em vencer. “Queremos levar o troféu para Braga. Estamos apostados em fazê-lo, sobretudo numa altura em que o clube celebra o seu primeiro centenário”, disse Carvalhal.

Considerando que no embate desta noite não há favoritos, o técnico minhoto referiu-se ao Sporting como “uma grande equipa”, orientada por “um excelente treinador” e salientou que o jogo entre as duas equipas para o campeonato não conta nada para o de hoje.

“Nós preparámos bem esta competição e estamos muito focados para esta final. Já tínhamos jogado com o Benfica e disse aos jogadores que esse jogo do campeonato não valia nada agora. Fiz o mesmo em relação ao Sporting”, explicou Carlos Carvalhal.

Referindo-se aos casos de Covid-19, o técnico do Sp. Braga disse que “é preciso fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que o futebol não pare” e lembrou que, em relação ao jogo de Alvalade para a Liga, os arsenalistas estão “mais equilibrados”, já que podem, desta vez, contar com todo o plantel. Desvalorizou o caso de Helton Leite (guarda-redes do Benfica), referindo que “o futebol é, no âmbito da pandemia, um dos lugares mais seguros”.

O técnico diz que Paulinho “está convocado” e “está melhor do que há três dias”, e realçou que “o Sp. Braga estará sempre a morder os calcanhares aos ditos três grandes, aproveitando sempre que um deles, ou dois, ou os três se distraiam”.

Carlos Carvalhal Portugal Paulinho Sp. Braga Sporting Benfica desporto futebol
Ver comentários