Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Conselho de Disciplina abre processo ao Sporting pelo arremesso de tochas no dérbi contra o Benfica

Em causa o arremesso de tochas no início da segunda parte com o Benfica.
Record 21 de Janeiro de 2020 às 18:07
O Conselho de Disciplina da FPF abriu um processo disciplinar ao Sporting pelos incidentes no dérbi com o Benfica, mais concretamente devido ao arremesso de tochas no início da 2.ª parte, que motivou mesmo a interrupção do dérbi durante alguns minutos.

De acordo com o mapa de castigos, o CD aguarda ainda pelo relatório da polícia para concluir o processo, um procedimento normal neste tipo de situações. Ainda assim, o clube leonino ainda não será punido com jogos à porta fechada pois esta situação só poderá acontecer caso o episódio se repita e, ainda assim, essa penalização pode ser evitada através de recurso.

Assim que se iniciou a segunda parte, a baliza onde estava Luís Maximiano foi alvejada por cerca de uma dezena de tochas que ainda foram acompanhadas por potes de fumo. O árbitro Hugo Miguel viu-se obrigado a interromper a partida durante cinco minutos para que os bombeiros tirassem o material pirotécnico e a nuvem de fumo dissipasse. O juiz de campo ainda esteve alguns minutos a falar com o delegado da Liga, sob a atenção do ‘team manager’ dos leões, Beto.
Disciplina Sporting Benfica Conselho de Disciplina da FPF desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)