Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Iuri Medeiros derrubou muralha gilista

Paulinho falhou penálti mas redimiu-se com passe para o golo que valeu a vitória.
Abel Sousa 27 de Janeiro de 2021 às 08:44
Paulinho falhou penálti mas redimiu-se com passe para o golo que valeu a vitória.
Paulinho falhou penálti mas redimiu-se com passe para o golo que valeu a vitória. FOTO: luís vieira
Após a derrota (0-1) na final da Taça da Liga, diante do Sporting, o Sp. Braga mudou ontem o chip para o campeonato e recuperou o 4º lugar - tinha sido ultrapassado pelo Paços de Ferreira - ao vencer em casa o Gil Vicente (1-0). Por seu turno, os gilistas continuam numa posição delicada da tabela.

Carlos Carvalhal fez uma autêntica revolução no onze, mantendo apenas três elementos em comparação com a partida frente ao Sporting, e estreou Piazon (ex- Rio Ave) a titular.

Apesar da evidente supremacia ofensiva, no primeiro tempo o Sp. Braga só dispôs de um grande momento nesse período, quando, aos 33 minutos, Paulinho desperdiçou um penálti, atirando ao poste da baliza de Denis, que viu ainda a recarga de Galeno ser devolvida pela barra. A tendência manteve-se após o intervalo, com os arsenalistas instalados no meio-campo ofensivo, mas revelando dificuldades no último terço, onde a porfiada defensiva do Gil Vicente ia evidenciando solidez. Até que, aos 73 minutos, um passe sensacional de Paulinho isolou Iuri Medeiros para o golo que desbloqueava aquilo que se afigurava como um grande problema. Os barcelenses reagiram bem à desvantagem e ainda criaram alguns embaraços à defensiva bracarense, mas faltou-lhes argúcia no ataque, perante um adversário que guardou afincadamente a vantagem que havia conquistado com grandes dificuldades.

Medeiros Sp. Braga Sporting Iuri Paços de Ferreira Gil Vicente Paulinho desporto futebol
Ver comentários