Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Jorge Jesus vence prémio "Bola de Prata" para melhor treinador do Brasileirão

Flamengo ainda conquistou a Taça dos Libertadores, a segunda da sua história, depois de idêntico sucesso em 1981.
Lusa 9 de Dezembro de 2019 às 16:56
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores
Jorge Jesus durante a final da Taça Libertadores

O técnico português Jorge Jesus, que se sagrou campeão da liga brasileira de futebol ao serviço do Flamengo, venceu esta segunda-feira o prémio "Bola de Prata" da ESPN Brasil para melhor treinador, sendo o primeiro estrangeiro a vencer a categoria.

"O troféu faz parte da estrutura do Flamengo, que tem um grupo de jogadores sensacionais e apaixonados pelo que fazem. Quero dar parabéns aos nossos adversários. O Flamengo é o vencedor, mas tivemos rivais que nos obrigaram a ter um empenho muito grande", realçou Jorge Jesus, após receber o prémio das mãos do histórico treinador brasileiro Joel Santana.

Jesus chegou ao Flamengo em meados de julho, estreando-se na 10.ª jornada do Brasileirão, com a equipa carioca com oito pontos de desvantagem para o Palmeiras, mas o 'Mengão' iniciou uma caminhada imparável até ao título brasileiro, terminando o campeonato com 16 pontos de vantagem sobre o Santos e o Palmeiras.

O técnico luso tornou-se no segundo estrangeiro a ser campeão no Brasil. Antes do português, só o argentino Carlos Volante tinha conseguido igual feito, em 1959.

Além disso, o Flamengo ainda conquistou a Taça dos Libertadores, a segunda da sua história, depois de idêntico sucesso em 1981.

Face à época repleta de conquistas, o Flamengo dominou completamente os prémios da ESPN Bola de Prata, com sete jogadores a serem escolhidos como os melhores de cada posição: Diego Alves (guarda-redes), Rafinha (defesa direito), Willian Arão e Gerson (médios), Arrascaeta (médio criativo) e os avançados Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, também conhecido por Gabigol.

Também o uruguaio Arrascaeta venceu a categoria do golo mais bonito da competição, marcado de 'bicicleta' frente ao Ceará, em agosto, e Gabigol foi distinguido como o melhor marcador do campeonato brasileiro, e também como o Bola de Ouro, ou seja, o melhor jogador do Brasileirão.

Os restantes jogadores que entraram na seleção dos melhores do ano foram os defesas Jorge e Lucas Veríssimo, ambos do Santos, o também defesa Gustavo Gómez, do Palmeiras, e o avançado Dudu, igualmente do Palmeiras.

Jorge Jesus Jorge Jesus Flamengo Palmeiras Brasil desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)