Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Maior aula de judo do Mundo homenageia Mandela

Iniciativa uniu várias forças: Polícia de Seguranças Pública, Exército e Polícia Marítima, em prole do "espírito do judo e das causas sociais".
20 de Julho de 2013 às 21:26

Milhares de pessoas juntaram-se, este sábado, em Matosinhos, na "Maior aula de judo do Mundo", com o objectivo de homenagear Nelson Mandela, como "o senhor que inventou o judo".

"Além dos participantes, tivemos centenas de pessoas a assistir. Foi uma iniciativa fantástica. É impressionante ver como as pessoas se solidarizam e tornam uma tarde mágica, em volta de uma causa importante, uma causa social e de uma modalidade inclusiva", disse o antigo atleta olímpico Nuno Delgado, em declarações à Lusa.

De acordo com o antigo judoca, esta iniciativa uniu várias forças: Polícia de Seguranças Pública, Exército e Polícia Marítima, em prole do "espírito do judo e das causas sociais".

O evento desta tarde partiu do mote: "Nelson Mandela foi o senhor que inventou o judo". Assim, inicialmente marcada para o Dia Mundial da Criança, esta iniciativa que tem por fim "formar campeões para a vida", envolveu a Escola de Judo Nuno Delgado e a Câmara Municipal de Matosinhos.

Esta foi a terceira edição consecutiva da "maior aula de judo do mundo" que, anteriormente, se realizou em Lisboa (2011) com cerca de quatro mil pessoas, e Porto (2012) com mais de cinco mil participantes.

O "Mandela Day - Maior aula de judo do Mundo" teve som de "happy birthday mister presidente" e da Orquestra de Jazz de Matosinhos. O evento contou com a presença do secretário de estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, bem como do embaixador da África do Sul em Portugal, país da naturalidade de Nelson Mandela, líder da África do Sul e Prémio Nobel da Paz (1993) que comemorou 95 anos, na última quinta-feira.

 

mandela homenagem judo desporto
Ver comentários