Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Nacional ganha à bomba frente ao Farense

Farense mostrou garra mas permitiu um golo após uma perda de bola a meio-campo.
Rui Pando Gomes 28 de Setembro de 2020 às 08:42
Júlio César (Nacional) e Pedro Henrique (Farense) em lance dividido, no jogo de ontem
Júlio César (Nacional) e Pedro Henrique (Farense) em lance dividido, no jogo de ontem FOTO: Ricardo Nascimento
Durante um jogo entre duas equipas que subiram à I Liga e que procuravam a primeira vitória, o Nacional viajou do Funchal até ao Algarve e levou a melhor ao vencer o Farense por 1-0.

O jogo decorreu no Estádio Algarve, em Loulé, uma vez que o São Luís, a casa do Farense, continua em obras. A equipa algarvia mostrou que queria ganhar pontos e na primeira parte teve mais posse de bola. O guarda-redes do Nacional, Daniel Guimarães, evitou o que podia ter sido primeiro golo da partida aos 19’. Stojiljkovic fez um cabeceamento violento e a defesa foi feita quase por reflexos. A meio da primeira parte, Hugo Marques evitou o golo quase certo do Nacional.

Na segunda parte, o Farense voltou a mostrar garra e Lucca quase desbloqueava o marcador com um remate de cabeça após um canto. Mas foi mesmo o Nacional a abrir o marcador com um tiro de Riascos disparado de fora da área, após uma perda de bola de Mansilha no meio-campo. Depois de sofrer o golo, o Farense ainda tentou dar a volta ao resultado, mas nenhuma jogada chegou a ameaçar a baliza do Nacional.

A equipa algarvia continua sem vencer e sem marcar. Já os madeirenses conseguiram a sua primeira vitória.

Luís Freire: "Foi um dia especial"
“Foi um dia especial, principalmente porque vencemos. Não era fácil passar aqui”, disse Luís Freire, treinador do Nacional, sobre o jogo. Sérgio Vieira, técnico do Farense, lamentou o resultado: “Fizemos um bom jogo mas a eficácia não quis nada connosco. Temos de continuar a evoluir.”
LUÍS FREIRE Farense Estádio Algarve I Liga Nacional Funchal desporto futebol
Ver comentários