Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Namorada de Weigl relata pânico na hora do ataque: "Estávamos ao telefone e ele começou a gritar"

Médio alemão ficou em estado de choque quando autocarro foi atingido.
Record 6 de Junho de 2020 às 20:51
Weigl (à direita) ficou em estado de choque
Sarah Richmond
Weigl (à direita) ficou em estado de choque
Sarah Richmond
Weigl (à direita) ficou em estado de choque
Sarah Richmond
A namorada de Julian Weigl revelou à RTL os momentos de pânico que viveu no momento o autocarro do Benfica foi atacado após o empate sem golos na receção ao Tondela.

"Estávamos ao telefone e ele de repente começou a gritar. É claro que fiquei em choque. Percebi que se gerou uma grande confusão e ouvi alguém a dizer-lhe para não abrir os olhos. Continuei a tentar ouvir mais coisas e alguém me disse para não me preocupar, que tinha entrado uma pedra no autocarro e que iam ligar-me pouco depois", contou Sarah Richmond, que é também apresentadora naquele canal de televisão alemão. 

O médio alemão já tinha vivido um episódio semelhante em abril de 2017, quando o autocarro do Borussia Dortmund foi atacado por três bombas artesanais antes de um jogo da Liga dos Campeões. E Sarah Richmond garante que Weigl voltará a ser capaz de superar a situação. 

"Ele é bastante forte e pode lidar muito bem com estas coisas. Ele estava e continua ciente de que tem de continuar a andar de autocarro, porque faz parte do dia-a-dia das equipas", sustentou a namorada do jogador do Benfica.
futebol desporto Tondela Sarah Richmond Benfica Julian Weigl
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)