Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

"Recordaremos sempre a sua dimensão": José Mourinho assume admiração por Vítor Oliveira, o 'rei das subidas'

"Não me atrevo a dizer que era amigo do 'mister', porque nunca tivemos mais que algumas oportunidades de conversar", disse o treinador do Tottenham.
Lusa 28 de Novembro de 2020 às 19:53
José Mourinho
José Mourinho FOTO: Reuters
O treinador do Tottenham, José Mourinho, recordou o "vencedor" Vítor Oliveira, que morreu este sábado aos 67 anos, assumindo a sua admiração pelo 'rei das subidas' ao principal escalão do futebol português.

"Não me atrevo a dizer que era amigo do 'mister' Vítor Oliveira, porque nunca tivemos mais que algumas oportunidades de conversar um pouco, mas afirmo a minha admiração por um treinador de corpo inteiro, um vencedor, um pragmático, um homem sério, honesto, frontal que nesta etapa da sua vida decidiu deixar de ser um grande treinador para ser um grande comentador", escreveu José Mourinho.

Em comunicado, o treinador dos londrinos realçou o percurso de Vítor Oliveira, instando a Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) a recordá-lo.

"A sua carreira não se esquecera e a ANTF fará certamente justiça ao 'mister', e colegas como eu recordaremos sempre a sua dimensão. À sua família e aos seus amigos as sentidas condolências", rematou Mourinho.

Vítor Oliveira, que morreu este sábado em Matosinhos, aos 67 anos, ficou conhecido como 'rei das subidas', ao conseguir 11 promoções ao principal escalão, em 18 presenças, ao serviço de Paços de Ferreira (1991 e 2019), Académica (1997), União de Leiria (1998), Belenenses (1999), Leixões (2007)), Arouca (2013), Moreirense (2014), União da Madeira (2015), Desportivo de Chaves (2016) e Portimonense (2017).

Em mais de 30 anos, entre 1978 e 2020, comandou Famalicão, Portimonense, Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Vitória de Guimarães, Académica, União de Leiria, Sporting de Braga, Belenenses, Rio Ave, Moreirense, Leixões, Trofense, Desportivo das Aves, Arouca, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Paços de Ferreira.

Como futebolista, vestiu as camisolas de Leixões, Paredes, Famalicão, Sporting de Espinho, Sporting de Braga e Portimonense.

Liga Portuguesa de Futebol Profissional e Federação Portuguesa de Futebol decretaram um minuto de silêncio nos jogos a realizar durante este fim de semana, em memória de Vítor Oliveira.

Ver comentários