Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Revelados emails com mentiras do empresário de Sala

Veja como foi a abordagem de Willie McKay a Emiliano Sala.
1 de Fevereiro de 2019 às 12:04
O jogador argentino Emiliano Sala
O jogador argentino Emiliano Sala
O jogador argentino Emiliano Sala
O diário francês 'L'Équipe' divulgou o primeiro contacto do empresário Willie McKay com Emiliano Sala com vista à transferência do jogador do Nantes para o Cardiff. O agente apresentou os seus serviços ao jogador cujo avião no qual posteriormente viajava para Inglaterra viria a desaparecer.

"Emiliano, chamo-me Willie McKay. Não nos interessamos por coisas pessoais: finanças, férias, babysitting, isso não é o nosso tipo de negócios. Nós fazemos transferências. Mais de 600 até hoje, desde Didier Drogba, Anelka, Payet, Seri, Anguissa. Deixa-nos apresentar-te o que fazemos e como aconteceu esta história do Cardiff. Trabalhamos com clubes em França e com jogadores que desejam jogar em Inglaterra. No que te diz respeito, conversámos com todos os clubes, incluindo Manchester, Chelsea e Liverpool. Pensamos que podes acabar por ir para um destes. Não te vamos impedir de trabalhares com outro agente, mas muitos jogadores estão satisfeitos com a nossa mediação. Não dizemos que somos como um pai para os nossos jogadores, porque se não fores jogador, não se interessam por ti. Por isso é que gostamos de trabalhar com clubes. Sem sentimentos, só negócios", pode ler-se num email enviado ao jogador.

Noutra comunicação, McKay explicou os contornos do negócio e afirmou que Sala era muito desejado pelo técnico do Cardiff: "Neil Warnock apaixonou-se por ti. És o típico avançado inglês, como Drogba ou Alan Shearer. Pagam-te 50 mil libras por semana, mais bónus, num contrato de quatro ou cinco anos. E seja quem for que te acompanhe, seja um agente ou a tua mãe, de acordo com as leis inglesas, pode pedir um milhão pela transferência".

O empresário admitiu ainda que 'plantou' notícias do interesse de outros clubes para que crescesse a cobiça pelo jogador: "Diz-se que não queres ir para o Cardiff, mas talvez a culpa seja nossa porque dissemos em vários meios de comunicação social que outros clubes como o West Ham e o Everton estavam interessados em ti, para criar mais interesse à tua volta".

Sem responsabilidade na escolha do avião

Em declarações ao 'The Daily Telegraph, Willie McKay negou ter qualquer responsabilidade na escolha do avião que transportaria o jogador, explicando que apenas pediu um voo para levar Sala: "Sobre o voo, contactámos David Henderson, que já nos levou a nós e a muitos dos nossos jogadores por toda a Europa em variadíssimas ocasiões. Não tivemos qualquer envolvimento na escolha do avião ou do piloto, nem éramos donos da aeronave na qual Sala viajou".
Payet Équipe Willie McKay Nantes Emiliano Sala
Ver comentários