SAD do Porto reduz prejuízos para 28,4 milhões

Prejuízos representam uma melhoria face aos valores registados um ano antes.
11.10.18
  • partilhe
  • 1
  • +

A SAD do Futebol Clube do Porto fechou o ano fiscal, terminado a 30 Junho, com prejuízo de 28,4 milhões de euros, de acordo com o comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Estes prejuízos representam uma melhoria face aos valores registados um ano antes: -35,3 milhões.

A contribuir para esta melhoria esteve o aumento de receitas. Excluindo os proveitos com passes de jogadores, a SAD portista fechou com um volume de negócios de 105,8 milhões de euros, mais 7% do que no ano passado. 

Todas as rubricas ajudaram à melhoria dos proveitos, com excepção dos direitos de transmissão/distribuição televisiva, cujo encaixe diminuiu 5,6% para 23,6 milhões de euros. Todas as restantes rubrias – merchandising, bilheteira, provas UEFA, publicidade, etc – registaram aumentos dos valores gerados.

Já os resultados das transacções de passes aumentaram 21% para 50,02 milhões de euros, num período em que o Porto vendeu Diogo Dalot ao Manchester United, por 22 milhões de euros, e Ricardo Pereira ao Leicester por 20 milhões.

O EBITDA da SAD liderada por Nuno Pinto da Costa aumentou 22% para 27,9 milhões de euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!