Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

“Sem fair-play e sem ética”

Um discurso propagandista, desalinhado, sem fair-play e sem ética", foi desta forma que Vicente Moura reagiu à intervenção do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Alexandre Mestre, no encerramento do jantar do 103º aniversário do Comité Olímpico de Portugal, realizado na 5ª feira à noite, no Museu da Marinha, em Lisboa.
1 de Dezembro de 2012 às 01:00
Vicente Moura diz que Alexandre Mestre fez um discurso “propagandista”
Vicente Moura diz que Alexandre Mestre fez um discurso “propagandista” FOTO: Fotos Vitor CHI

Mestre afirmou que o Governo tinha pago "a tempo e horas" as verbas para prémios e preparação olímpica, e que criou o seguro do praticante de alto rendimento, para refutar o facto de o líder do COP o ter acusado de "navegar à vista".

"Foram declarações inoportunas. Isto é um jantar. Uma festa, uma despedida do trabalho que fiz ao longo destes 15 anos. Foi um discurso desinserido. Estou indignado, porque não merecia isto. Aproveitou para fazer uma súmula das acções do Governo, algumas positivas, mas outras inconsequentes. Agora vê--se bem que navega mesmo à vista", vincou Vicente Moura, que deixa o COP em Março de 2013.

Já Alexandre Mestre justificou as suas palavras, "ditas perante as pessoas e olhos nos olhos", com o dever de dizer o que o Governo tem feito.

Vicente Moura Comité Olímpico Alexandre Mestre
Ver comentários