Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sevilha sem pressa para contratar Acuña ao Sporting

Espanhóis sabem que jogador não faz parte dos planos do treinador Rúben Amorim e pretendem aproveitar a necessidade do clube fazer um encaixe significativo para comprar barato.
Mário Figueiredo 4 de Setembro de 2020 às 08:22
Acuña não 
participou no 
estágio de 
pré-época 
do Sporting 
e continua a 
trabalhar à parte
Eduardo Quaresma é cobiçado por um clube inglês
Acuña não 
participou no 
estágio de 
pré-época 
do Sporting 
e continua a 
trabalhar à parte
Eduardo Quaresma é cobiçado por um clube inglês
Acuña não 
participou no 
estágio de 
pré-época 
do Sporting 
e continua a 
trabalhar à parte
Eduardo Quaresma é cobiçado por um clube inglês
O Sevilha não esconde o desejo de contar com Marcos Acuña, mas não tem pressa e acredita que pode beneficiar de um bom desconto por faltarem pretendentes e por o internacional argentino continuar a treinar à margem do plantel leonino.

“É verdade que seguimos o Acuña há muito tempo. Não é uma operação iminente nem se trata da única opção para o lugar. Estamos a avaliar. Há vários nomes em cima da mesa. Queremos reforçar a posição de lateral-esquerdo”, disse ontem Monchi, o diretor desportivo do vencedor da Liga Europa.

Para o dirigente do clube espanhol não há pressa na contratação do argentino do Sporting. “Estamos a ver todas as hipóteses. A nossa planificação está a decorrer nos timings definidos”, acrescentou.

O Sevilha já percebeu que o jogador não conta para Rúben Amorim e acredita que pode conseguir o jogador por um valor abaixo dos 15 milhões de euros pedidos por Varandas.

Marcos Acuña arrisca-se a tornar-se num dos casos de má gestão em Alvalade. O jogador está a treinar à parte, com um personal trainer, o que retira poder negocial ao Sporting.

A condição física de Acuña será sempre uma incógnita para um eventual pretendente e, por aquilo que se percebe, pode ser um negócio que se vai arrastar até ao fecho do mercado, a 5 de outubro.

Os interessados no jogador sabem que o Sporting precisa de vender para fazer um encaixe financeiro. A integração do argentino no plantel está para já fora de questão e, se vier a acontecer, não será certamente pacífica. Situação diferente passou-se com Palhinha, que também treinava à parte. A proposta do CSKA não agradou ao clube e ao médio e Amorim recuperou o jogador.

portugueses a custo zero
Vieirinha, o extremo internacional português de 34 anos, é um dos jogadores que está sem clube, depois de ter rescindido com o PAOK, da Grécia. Segundo o Transfermarkt tem um valor de 800 mil euros.

Leões defrontam hoje o Valladolid
Rúben Amorim volta esta sexta-feira (20h00) a testar a equipa frente ao Valladolid, da Liga espanhola, em Alverca. Teoricamente, esta formação será a mais cotada de entre as que o leões irão defrontar nesta pré-temporada. n

Luiz Phellype continua a treinar condicionado
Luiz Phellype é o único jogador leonino a cargo do departamento médico. O avançado brasileiro continua a fazer trabalho de recuperação à intervenção cirúrgica ao joelho direito. O regresso em pleno está para breve.

proposta por Eduardo quaresma
O defesa-central Eduardo Quaresma é cobiçado por um clube inglês que está disposto a pagar 20 milhões de euros, revelou Paulo Futre, quarta-feira, no programa Liga D’Ouro da CMTV, embora sem mencionar o nome do jogador. O presidente Frederico Varandas exige a cláusula de rescisão, que é de 45 M €.
Rúben Amorim Sevilha Liga Europa Marcos Acuña Sporting Frederico Varandas desporto futebol
Ver comentários