Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Son e Kane dão 'prenda' a Mourinho

Há praticamente duas décadas, o português estreava-se como treinador principal.
Pedro Prata 21 de Setembro de 2020 às 08:05
Mourinho
Mourinho FOTO: ANDREW BOYERS
O Tottenham decidiu dar um presente antecipado a José Mourinho pelos 20 anos como treinador ao mais alto nível, ao vencer (5-2) este domingo em casa do Southampton, em jogo da Liga inglesa.

O treinador celebra o marco na carreira apenas na quarta-feira. O primeiro encontro como técnico principal foi a 23 de setembro de 2000, altura em que treinava o Benfica. Nesse jogo, os encarnados perderam (0-1) frente ao Boavista. Três dias antes do festejo, a equipa do português venceu.

Sem Bale e Reguilón, que foram oficializados no sábado como reforços provenientes do Real Madrid, foi a dupla do costume a causar estragos: Son e Harry Kane. O sul-coreano fez um póquer (45’, 47’, 64’ e 73’) com o inglês a assistir em todos os golos. Aos 82’, Kane ainda faturou. Do lado dos ‘saints’, Danny Ings bisou (32’ e 90’, de penálti). Nota ainda para os três tentos anulados (dois para o Tottenham e um para os ‘saints’).

No final, Mourinho mostrou-se satisfeito: “O Kane matou o jogo. A forma como ele ligou a equipa, como arranjou os espaços para o Son atacar. Foi fantástico”. Recorde-se que, na jornada inaugural, a equipa do técnico luso tinha perdido em casa (0-1) com o Everton.

Semedo mais perto do Wolverhampton
Nélson Semedo está prestes a trocar o Barcelona pelo Wolverhampton, afirmou a Sky Sports. Os ingleses querem investir parte dos 45 milhões de euros recebidos por Diogo Jota, que se transferiu para o Liverpool. O defesa deverá custar 30 milhões.

pormenores
25 títulos em 20 anos
José Mourinho já conquistou 25 títulos desde que começou a carreira como treinador principal (seis pelo FC Porto, oito pelo Chelsea, cinco pelo Inter, três pelo Real Madrid e três pelo Manchester United).

Liverpool vence
O Liverpool venceu este domingo o Chelsea por 2-0, em jogo da Liga inglesa. Mané bisou (50’ e 54’). Nos ‘blues’, Christensen foi expulso (45+1) e Jorginho falhou um penálti (75’).
Ver comentários