Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Tragédia com avião onde seguia o futebolista argentino Sala

Jogador alinhou pelo FC Crato em 2009/10.
Carla Marques Cordeiro 23 de Janeiro de 2019 às 09:07
O jogador argentino Emiliano Sala
Sérgio Conceição e Emiliano Sala
Emiliano Sala com a camisola do Cardiff
O jogador argentino Emiliano Sala
Sérgio Conceição e Emiliano Sala
Emiliano Sala com a camisola do Cardiff
O jogador argentino Emiliano Sala
Sérgio Conceição e Emiliano Sala
Emiliano Sala com a camisola do Cardiff
O avião em que viajava Emiliano Sala desapareceu na noite de segunda-feira quando sobrevoava o Canal da Mancha.

Sala, de 28 anos, jogava no Nantes (França) e tinha ido despedir-se dos seus colegas de equipa devido à recente transferência para o Cardiff City. Seguia num avião privado de Nantes para o País de Gales, onde ia representar o 18º classificado da Premier League.

O avançado argentino iniciou a sua carreira internacional em Portugal, no FC Crato, no distrito de Portalegre, na época de 2009/2010.

Uma passagem de cerca de 3 meses, em que realizou apenas um jogo oficial e marcou dois golos.

O presidente do clube alentejano recordou ontem ao CM o dia em que contratou o jogador. "Fui a Málaga e quando chegámos ao estádio foi logo ao balneário e equipou-se. Parecia que já conhecia a equipa", contou José Curado.

Os amigos que Sala deixou no Crato relembram a aptidão que já mostrava para o futebol. "Nunca pensámos que poderia chegar a estes patamares. Mas é verdade que dava muitas dificuldades aos nossos defesas na altura", disse Renato Castelinho, antigo colega de equipa.

No avião de Sala viajavam mais três pessoas.
Ver comentários