Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Varandas sobre Pinto da Costa: “Um bandido será sempre um bandido"

Leão acusa presidente do FC Porto e lembra Apito Dourado.
Mário Figueiredo 24 de Outubro de 2020 às 09:45
Frederico Varandas
Pinto da Costa
Frederico Varandas
Pinto da Costa
Frederico Varandas
Pinto da Costa
Frederico Varandas assumiu esta sexta-feira uma guerra aberta com o presidente do FC Porto, Pinto da Costa, referindo que “um bandido será sempre um bandido”.

O presidente leonino não esteve com meias medidas e respondeu às recentes declarações de Pinto da Costa (ver peça em baixo), à partida para os Açores, onde este sábado (18h00) os leões vão defrontar o Santa Clara em jogo da Liga. “Colocaram-lhe a questão do Apito Dourado e ele disse que é mais um processo em que muitos portugueses são arguidos, mas não houve condenação. Mas há um pormenor: há dias fui ouvir as escutas. Se as escutas podiam ser válidas ou não, isso é problema da Justiça”, disse Varandas, acrescentando: “Num país de primeiro Mundo, Pinto da Costa não podia ser dirigente do que quer que fosse. Falando para todos os portugueses que merecem que isto seja dito: pode ter um grande sentido de humor, ser uma pessoa acima da média culturalmente e um currículo com muitas vitórias, mas um bandido será sempre um bandido e no final um bandido será sempre recordado como um bandido.”

O presidente sportinguista manteve o tom crítico, disparando: “Quando Pinto da Costa se retirar, ou for obrigado a retirar-se, prestará um grande serviço ao futebol português e contribuirá para que o País seja de primeiro Mundo.”

“Penso que o senhor Pinto da Costa não me respondeu por achar ou não que foi penálti ou beneficiado no clássico. Respondeu porque tocámos no ponto fraco, na sua ferida, que são os valores. Valores que o Sporting tem e ele.” Sobre o ataque de Alcochete, o líder leonino lamentou: “É lamentável ver o senhor a colar-se e a defender quem fez aquele ataque. Mostra o que é enquanto homem e a sua índole.”

O que disse Pinto da Costa
Pinto da Costa respondeu às críticas de Varandas à arbitragem do clássico de sábado (2-2). “No dia que Frederico Varandas se dedicar à Medicina, presta um grande serviço ao Sporting”, disse ao Porto Canal. “A invasão de Alcochete só teve um beneficiado: o atual presidente do Sporting. Era o médico da equipa e depois apareceu como candidato, fazendo um ataque à Juve Leo. Acho incrível fazer das claques um inimigo”, acrescentou.

FC Porto não comenta ataque de Varandas
Contactada pelo Correio da Manhã, fonte oficial do FC Porto não quis comentar as declarações proferidas esta sexta-feira à tarde pelo presidente do Sporting, Frederico Varandas, e que visam Pinto da Costa.

Amorim: "Temos crescido"
Rúben Amorim reconheceu ontem, na antevisão do jogo de sábado com o Santa Clara, que "a eliminação europeia" dá mais tempo para trabalhar. "Temos crescido, há boas dinâmicas e estamos no bom caminho. Temos de entrar como nos últimos jogos. Eles têm os mesmos pontos do Sporting e isso diz tudo. Têm jogadores muito rápidos, são uma equipa atrevida e têm um dos melhores guarda-redes a jogar com os pés. Mas temos de assumir o jogo", disse.
FC Porto Pinto da Costa Frederico Varandas Mundo Sporting Alcochete Porto desporto futebol
Ver comentários