Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Velejadores suspendem actividade por falta de verbas

Os 15 velejadores portugueses que integram o Projecto Londres2012 suspenderam esta segunda-feira a actividade devido à falta de condições financeiras e arriscam falhar os Jogos Olímpicos do próximo ano.
13 de Junho de 2011 às 17:57
Velejadores portugueses admitem falhar Jogos Olímpicos de Londres, no próximo ano
Velejadores portugueses admitem falhar Jogos Olímpicos de Londres, no próximo ano FOTO: d.r.

Num comunicado enviado à Agência Lusa, os atletas revelam que não têm recebido as verbas destinadas à preparação olímpica por parte da Federação Portuguesa de Vela (FPV) e que têm feito "um grande esforço financeiro" para estar presente em competições internacionais.  

"As verbas destinadas à preparação olímpica dos velejadores, a que estes têm direito por obtenção de resultados de mérito desportivo, e formalmente contratualizadas, não estão a chegar aos atletas e por esse motivo torna-se  impossível competir ao nível internacional", lê-se no comunicado.  

A nota dos 15 velejadores adianta que a participação na sexta etapa do ISAF World Cup - Sail for Gold, que se realizou no último fim de semana em Weymouth (Inglaterra), local onde vai decorrer a prova olímpica em 2012, foi financiada pelos próprios.  

"Os velejadores olímpicos fizeram um grande esforço financeiro para estarem presentes na regata "Sail for Gold", pois consideraram que era de extrema importância competir no local onde irão ser disputadas as regatas olímpicas. Importa referir que Portugal era o único país em competição que não tinha qualquer treinador, à excepção de João Rodrigues e Rita Gonçalves, que fizeram questão de financiar a actividade dos seus treinadores", revelam os atletas.  

Nesse sentido, os velejadores decidiram suspender a actividade "até que a situação se resolva" e vão falhar para já o Campeonato da Europa de Classes Olímpicas, em Kiel, Alemanha, " sob pena de não conseguirem assim apurar Portugal para  estar presente nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, qualificação que se realizará em Perth (Austrália) no próximo mês de Dezembro", lê-se na nota. 

Os atletas acusam ainda a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto (SEJD) e o Comité Olímpico de Portugal (COP) de nada fazerem para solucionar os problemas. "Poderiam ter evitado mais este interregno na actividade dos velejadores olímpicos, mas não o fizeram", lamentam.

velejadores olímpicos londres desporto verbas
Ver comentários