Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Grandes de costas voltadas

Vieira e Bruno evitaram-se na inauguração da Cidade do Futebol.
Mário Cagica Oliveira e Pedro Carreira 1 de Abril de 2016 às 08:34
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, esteve na cerimónia. Bruno de Carvalho, líder do Sporting, ficou a alguns lugares do dirigente do clube rival
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, esteve na cerimónia. Bruno de Carvalho, líder do Sporting, ficou a alguns lugares do dirigente do clube rival FOTO: DR
Os três grandes clubes do futebol português continuam sem se entender. Esta quinta-feira, na inauguração da Cidade do Futebol (Oeiras), os presidentes do Benfica e do Sporting evitaram-se, enquanto o FC Porto esteve ausente.

Luís Filipe Vieira, líder do clube da Luz, e Bruno de Carvalho, responsável máximo do emblema de Alvalade, sentaram-se na mesma fila de convidados que assistiram à cerimónia (como ilustra a foto acima), mas em momento algum trocaram uma palavra. Entre ambos ficaram presidentes de outros clubes: João Loureiro (Boavista), Rui Pedro Soares (Belenenses, SAD) e Júlio Mendes (V. Guimarães). O presidente do Sporting acabou por ficar sentado ao lado de Carlos Pereira (Marítimo), com quem também não tem a melhor das relações. Um episódio que acontece um dia depois de Bruno de Carvalho não ter comparecido, como anunciado, num evento promovido pelo Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol, em que esteve Luís Filipe Vieira.

Já a ausência do FC Porto constituiu mais um episódio no histórico das tensas relações entre o clube azul-e-branco e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em janeiro do ano passado, os dragões queixaram-se do "branqueamento da história" na gala do centenário da FPF, pelo facto de não ter sido feita qualquer referência ao 30º aniversário da morte de José Maria Pedroto, histórico treinador dos portistas.

A gala de apresentação do novo complexo desportivo da Federação ficou ainda marcada pelo discurso do Presidente da República. "Portugal merece muito acreditar mais em si próprio. Que esta Cidade do Futebol seja um passo para o reencontro nacional", disse Marcelo Rebelo de Sousa. Já Fernando Gomes, presidente da FPF, salientou a "concretização de um sonho" e revelou a intenção de construir um pavilhão para o futsal na Cidade do Futebol, localizada no Jamor, em Oeiras.
Cidade do Futebol Oeiras FC Porto Luís Filipe Vieira Bruno de Carvalho Alvalade João Loureiro Rui Pedro Soares
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)