Adepta do FC Porto descreve revista abusiva de que foi alvo na Luz

Paula Marques conta à CM que foi alvo de toques e apalpões em zonas íntimas.
11.10.18
Um das adeptas do FC Porto que se queixa de ter sido alvo de "agressão sexual" ao ser revista à entrada do Estádio da Luz conta ao CM o desconforto que sentiu com a situação.



Paula Marques diz que foi tocada no peito e nas partes íntimas e que se sentiu humilhada ao ser alvo deste tratamento perante todos os adeptos que esperavam na fila para entrar.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra como foram efetuadas as revistas aos adeptos do FC Porto à entrada do estádio da Luz, no clássico de domingo. Paula Marques seguia com a amiga Patrícia Barbosa e ambas se sentiram incomodadas. Não aparecem nas imagens, mas foram duas das vítimas a apresentar queixa à PSP:

A queixa deverá agora ser apreciada pelo Ministério Público Também o FC Porto denunciou o caso junto de instâncias desportivas, com o diretor de comunicação dos dragões, Francisco J. Marques a classificar o caso como "agressão sexual".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!