Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público

Adeptos sentiram-se privilegiados por poderem assistir ao vivo ao jogo entre Santa Clara e Paços de Ferreira.
Lusa 27 de Fevereiro de 2021 às 20:20
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Adeptos voltam a ocupar bancadas no estádio de S. Miguel nos Açores para o primeiro jogo de 2021 com público
Antes do jogo Santa Clara-Paços de Ferreira, nos Açores, os adeptos sentiam-se privilegiados por poder assistir ao vivo àquele que é o primeiro jogo de futebol profissional com público em 2021 devido à covid-19.

Faltava pouco mais de uma hora para o jogo começar. À entrada do estádio de São Miguel, alguns adeptos procuravam comprar bilhetes para a partida da 21.ª jornada da I Liga de futebol, enquanto outros, já com o ingresso comprado, aguardavam a chegada de alguns companheiros.

"Claro que aproveitei a primeira oportunidade para vir ao futebol. O futebol é um desporto que eu gosto imenso. Estou a gostar muito do futebol que o Santa Clara está a praticar", disse à agência Lusa Paulo Furtado, adepto do clube açoriano.

Depois da chuva persistente dos últimos dias, este sábado, o sol reluziu em Ponta Delgada. É mais um atrativo para o jogo que marca o regresso do público aos jogos de futebol: "É bom ver futebol com um tempo destes", acrescenta Paulo Furtado.

O jovem de 23 anos confessa não se sentir totalmente seguro devido à pandemia da covid-19, mas diz-se "tranquilo", uma vez que a pandemia na região está "mais controlada".

"É muito importante os adeptos regressarem ao estádio, futebol sem adeptos não tem piada", afirma.

Mais ao lado, sentado num muro, Francisco Cardoso procura no telemóvel novidades sobre o 'onze' inicial do Santa Clara. Vestindo uma camisola da formação açoriana, o adepto mostrou-se confiante na vitória da equipa orientada por Daniel Ramos.

"Sinto-me privilegiado, sinto-me muito. Acho que nos outros jogos, sem ser aqui em São Miguel, mesmo no continente, também deveria haver público, mas infelizmente não é possível", frisa o santaclarense, de 25 anos.

Confiante de que o Santa Clara vai acabar a época em lugares europeus, Francisco Cardoso assinala que é "importante" os adeptos do futebol regressarem aos estádios e diz, pelo que tem visto, que as "pessoas estão a cumprir com as regras de segurança".

"O futebol sem público não tem piada nenhuma. O Santa Clara precisa de apoio para a equipa, sem público não faz sentido nenhum. Estou feliz por ver público aqui", defende.

Antes de entrar, os adeptos, de máscara, desinfetam as mãos. No interior do estádio, ultimam-se os preparativos para o jogo. Ouve-se a icónica música "Sou Açoriano", da banda regional Passos Pesados, uma presença constante nos jogos do Santa Clara em casa.

Os adeptos vão chegando a conta-gotas e vão se distribuindo pelas bancadas com cinco lugares de distância, conforme mandam as regras. Até então tinham sido vendidos 1.180 bilhetes, avançou a comunicação do Santa Clara à Lusa. 

"Deram-me a oportunidade para vir ver o futebol e eu, como gosto de futebol, tinha de aproveitar", justifica assim a presença no estádio João Pereira.

O fã do Santa Clara, de 21 anos, diz sentir-se seguro no estádio, uma vez que a pandemia "já acalmou" no arquipélago.

"O futebol tem falta de voltar à normalidade. Nós açorianos merecemos. A gente viveu momentos apertados, agora como está melhor acho que merecemos", afirmou, referindo-se ao início de janeiro quando a região registou o pico de casos de covid-19.

Também Bruno Ferreira, 29 anos, não teve dúvidas em vir ao estádio: já tinha "saudades" de ver futebol ao vivo e "ainda por cima" o Santa Clara está a fazer uma "boa época".

"Hoje, como era o dia do regresso do público, achei que era uma bela oportunidade para vir ver futebol. Já tinha saudades", aponta o adepto, acrescentado que o futebol "faz sentido" é "com gente na bancada".

"Futebol sem público não é a mesma coisa. Mesmo na televisão, a gente vê jogos sem público e é logo mais esquisito", destacou.

Em 20 de fevereiro, foi anunciado que o jogo entre Santa Clara e Paços de Ferreira, da 21.ª jornada da I Liga, teria público nas bancadas.

"A Santa Clara Açores, Futebol S.A.D informa que o jogo entre CD Santa Clara-FC Paços Ferreira, da 21.ª jornada da Liga NOS, terá público nas bancadas, o que acontece pela primeira vez no ano 2021 no Futebol Profissional em Portugal", podia ler-se em comunicado da Liga de clubes.

A LPFP esclarece que a decisão foi tomada em articulação com o Governo Regional dos Açores, nomeadamente com a Direção Regional da Saúde (DRS), e respeitará o decreto regulamentar regional de 12 de fevereiro que prevê a "limitação da presença de público em eventos culturais e competições desportivas a um terço da respetiva lotação garantindo as regras de distanciamento social", no contexto da pandemia de covid-19.

Os Açores tem 55 casos ativos e 864 vigilâncias ativas, não havendo internados nos hospitais da região.

O Santa Clara, oitavo classificado, com 25 pontos, defronta o Paços de Ferreira, quinto, com 38, no estádio de São Miguel, nos Açores.

RPYP (JME/AMG)// VR

Lusa/Fim

Ver comentários