Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Águia dá bons sinais e vence Bournemouth por 2-1

Marroquino Taarabt marcou um golaço e encheu o campo diante dos ingleses. Reforço Everton ‘Cebolinha’ fez o golo da vitória.
Filipe António Ferreira e Ricardo Tavares 31 de Agosto de 2020 às 08:35
Everton estreou-se no Estádio da Luz e logo a marcar
Jorge Jesus, para não variar, não parou ontem um minuto no jogo que assinalou o seu regresso ao Estádio da Luz como treinador do Benfica, depois de passagens pelo Sporting, Arábia  Saudita e Brasil, onde se sagrou campeão
Everton estreou-se no Estádio da Luz e logo a marcar
Jorge Jesus, para não variar, não parou ontem um minuto no jogo que assinalou o seu regresso ao Estádio da Luz como treinador do Benfica, depois de passagens pelo Sporting, Arábia  Saudita e Brasil, onde se sagrou campeão
Everton estreou-se no Estádio da Luz e logo a marcar
Jorge Jesus, para não variar, não parou ontem um minuto no jogo que assinalou o seu regresso ao Estádio da Luz como treinador do Benfica, depois de passagens pelo Sporting, Arábia  Saudita e Brasil, onde se sagrou campeão
O Benfica venceu este domingo o Bournemouth em jogo de preparação e, para além do quinto triunfo de pré-época, mostrou já muito daquilo que Jorge Jesus pretende para a nova temporada.

Vertonghen e ‘Cebolinha’ foram as caras novas no teste diante dos ingleses que este ano desceram ao Championship. Mas os primeiros minutos do Benfica versão 2020/2021 tiveram velhos conhecidos como protagonistas, mas pela negativa: André Almeida e Rúben Dias ficaram com as orelhas a arder depois de vários desacertos na marcação aos adversários.

Depois da apatia inicial, surgiu o novo Benfica. Combinações rápidas no corredor central, pressão sobre o adversário e muita gente a chegar a zonas de finalização.

Pizzi, a jogar no apoio a Seferovic, abriu o livro, com vários remates perigosos e boas combinações com Rafa. O número 21 surgiu num bom momento de forma, mas foi outro dos jogadores da época passada a destacar-se. Adel Taarabt viu um golo ser-lhe anulado, mas logo a seguir marcou, num tiro de pé esquerdo de fora da área. Foi muito por culpa da sua ação que o Benfica chegou a ter momentos de sufocar o adversário.

Ainda assim, o Bournemouth empatou num outro bom momento. Groeneveld aproveitou o desacerto do lado direito da defesa encarnada para disparar sem hipóteses para Odysseas.

Depois, entrou em ação ‘Cebolinha’. Mais uma vez, Taarabt decisivo no lance em que o brasileiro começou a mostrar a razão dos 20 milhões de euros pagos na sua contratação: remate colocado de fora da área.

No segundo tempo, as muitas mexidas acabaram por tirar ritmo ao jogo. Mesmo assim, o Benfica podia ter aumentado o marcador.

Jorge Jesus ainda tem trabalho a fazer, nomeadamente na defesa, mas no ataque já se começa a ver a nota artística de outras temporadas na Luz.


REFORÇOS EM DESTAQUE
Vertonghen
O experiente central mostrou alguma falta de velocidade. Compensou depois com uma colocação irrepreensível.

Everton ‘Cebolinha’
Uma exibição positiva, que teve como ponto alto um belo golo. Vai ser aposta segura de Jorge Jesus.

Waldschimdt
Algumas arrancadas e tentativas de remates de meia distância (uma das suas armas). Ainda a apalpar terreno.

Gilberto
Sem grande trabalho defensivo. Atreveu-se no apoio ao ataque. Sofreu entrada dura.

Sorteio da Champions conhecido esta segunda-feira
O Benfica conhece hoje (11h00, Nyon) o adversário na 3.ª pré-eliminatória da Champions, que sairá do lote formado por PAOK, AZ Alkmaar e Rapid Viena. Se passar ,o Krasnodar é o adversário nos play-off.

Cinco lesionados no boletim clínico
Grimaldo (lesão muscular), Helton (luxação no ombro), Pedrinho, (traumatismo no pé), Jardel (entorse no joelho) e Samaris (lesão no tendão de Aquiles) são os cinco nomes que constam do boletim clínico.

Darwin Núñez pode ficar fechado em breve
O uruguaio Darwin Núñez poderá estar muito perto de reforçar o ataque do Benfica. Segundo o jornal espanhol ‘Marca’, as negociações estão bem encaminhadas, pelo que o jogador já não deverá integrar o estágio do Almería, que começa amanhã, para rumar a Portugal. Apesar de a cláusula de rescisão do jogador ser superior aos 30 milhões de euros, em Espanha acredita-se que o negócio pode fazer-se por 25 milhões (valor recorde para um jogador da segunda divisão espanhola). Para além de Núñez, a SAD encarnada tem outras opções em carteira para a frente de ataque. Mariano Díaz (Real Madrid), Carlos Fernández (Sevilha) e Alario (Leverkusen) são algumas das hipóteses.

Bruno Wilson sai
Bruno Wilson é uma vítima dos cortes que Carlos Carvalhal está a impor no plantel do Sp. Braga. O defesa-central acaba de ser emprestado ao Tenerife, da segunda divisão espanhola.

Bruno Wilson já não alinhou no jogo particular de sábado, com o P. Ferreira, que os bracarenses venceram por 3-0. O jovem, de 23 anos, que se mudará para o futebol do país vizinho, é emprestado por uma época, tendo o clube das ilhas Canárias a opção de compra mediante o pagamento de três milhões de euros de euros por 80 por cento do passe, sabe o CM. O defesa formado no Sporting chegou a atuar no Tondela uma parte da última temporada, voltando a Braga com a Liga em curso. Ainda fez seis jogos pelos minhotos.

A futura equipa dos bracarenses, terceiros classificados na última temporada, começa a definir-se. O novo treinador ficará no plantel apenas com cinco defesas-centrais.

Bruno Wilson é apenas um dos vários jogadores que ainda vão deixar de integrar a formação dirigida por Carlos Carvalhal.
Ver comentários