Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

André Geraldes, ex-diretor-desportivo do Sporting, apanhado em offshore

Dono do Portimonense deu ordem de pagamento de 250 mil euros.
Mário Figueiredo 21 de Novembro de 2021 às 10:02
André Geraldes era diretor-desportivo do Sporting aquando dos factos
André Geraldes era diretor-desportivo do Sporting aquando dos factos
O empresário brasileiro Teodoro Panagopoulos, dono do Portimonense, deu uma ordem de transferência, em fevereiro de 2018, de 250 mil euros para uma conta controlada por André Geraldes num banco em Porto Rico, através de uma companhia offshore sediada nas Seicheles.

Segundo o jornal ‘Expresso’, os factos resultam do cruzamento de dados dos ‘Pandora Papers’ e do ‘Football Leaks’. André Geraldes, que na altura dos factos era o diretor-desportivo do Sporting, foi identificado como o beneficiário da conta da Market Pool Limited no Euro Pacífic Bank, em Porto Rico. “Se não houve transferência, não houve negócio”, disse ao Correio da Manhã o agora presidente do Estrela da Amadora.

A notícia revela ainda, um mês e meio antes da ordem de transferência, um acordo de scouting com uma empresa de Teo Panagopoulos (For Gool Company) no Reino Unido, onde iria fazer a prospeção de jogadores para o Sporting. É ainda lembrado que a 31 de janeiro de 2018 os leões compraram ao Portimonense 50 por cento do passe do lateral-esquerdo ganês Lumor Agbenyenu por 2,5 milhões de euros.

Ver comentários