Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Armada lusa do Wolverhampton em destaque

Portugueses nos três golos do triunfo sobre o Everton (3-0).
Rafael Duarte 13 de Julho de 2020 às 08:24
Rúben Neves, Pedro Neto e Podence na festa de um dos golos dos Wolves
Rúben Neves, Pedro Neto e Podence na festa de um dos golos dos Wolves FOTO: Molly Darlington
A armada lusa liderada por Nuno Espírito Santo deu ontem a vitória ao Wolverhampton sobre o Everton (3-0). A três jornadas do final da Liga inglesa, os Wolves sonham estar na Liga dos Campeões da próxima temporada.

Depois de duas derrotas consecutivas foi o regresso aos triunfos do Wolverhampton, com quatro lusos a titulares e dois que saltaram do banco de suplentes. O primeiro a fazer a diferença foi Podence, que deu um penálti aos Wolves, depois de sofrer falta de Lucas Digne dentro da área. Na cobrança, Raúl Jiménez abriu o marcador (45+2’). A abrir a segunda parte, Leander Dendoncker aumentou a vantagem, e na origem do golo esteve Pedro Neto, que fez o cruzamento na marcação de um livre (46’). O resultado ficou fechado com uma combinação portuguesa. Rúben Neves fez um grande cruzamento para Diogo Jota, que fez o 3-0. Com este resultado, o Wolverhampton entra nos lugares europeus e está a 4 pontos da Champions.

Já o Tottenham, de José Mourinho, saltou duas posições na Liga ao vencer, em casa, o Arsenal (2-1). Lacazette adiantou os visitantes (16’), mas Son (19’) e Alderweireld (81’) deram os três pontos aos Spurs.
Wolves Wolverhampton Nuno Espírito Santo Everton Liga dos Campeões desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)