Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Armada lusa do Wolverhampton em destaque

Portugueses nos três golos do triunfo sobre o Everton (3-0).
Rafael Duarte 13 de Julho de 2020 às 08:24
Rúben Neves, Pedro Neto e Podence na festa de um dos golos dos Wolves
Rúben Neves, Pedro Neto e Podence na festa de um dos golos dos Wolves FOTO: Molly Darlington
A armada lusa liderada por Nuno Espírito Santo deu ontem a vitória ao Wolverhampton sobre o Everton (3-0). A três jornadas do final da Liga inglesa, os Wolves sonham estar na Liga dos Campeões da próxima temporada.

Depois de duas derrotas consecutivas foi o regresso aos triunfos do Wolverhampton, com quatro lusos a titulares e dois que saltaram do banco de suplentes. O primeiro a fazer a diferença foi Podence, que deu um penálti aos Wolves, depois de sofrer falta de Lucas Digne dentro da área. Na cobrança, Raúl Jiménez abriu o marcador (45+2’). A abrir a segunda parte, Leander Dendoncker aumentou a vantagem, e na origem do golo esteve Pedro Neto, que fez o cruzamento na marcação de um livre (46’). O resultado ficou fechado com uma combinação portuguesa. Rúben Neves fez um grande cruzamento para Diogo Jota, que fez o 3-0. Com este resultado, o Wolverhampton entra nos lugares europeus e está a 4 pontos da Champions.

Já o Tottenham, de José Mourinho, saltou duas posições na Liga ao vencer, em casa, o Arsenal (2-1). Lacazette adiantou os visitantes (16’), mas Son (19’) e Alderweireld (81’) deram os três pontos aos Spurs.
Wolves Wolverhampton Nuno Espírito Santo Everton Liga dos Campeões desporto futebol
Ver comentários