Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Bruno de Carvalho preparado para "grande campanha" contra si

Presidente leonino reafirmou a vontade de se recandidatar em 2017.
11 de Novembro de 2016 às 23:16
Bruno de Carvalho nos Prémios Rugidos de Leão, em Leiria
Bruno de Carvalho nos Prémios Rugidos de Leão, em Leiria FOTO: Rui Miguel Pedrosa
O presidente do Sporting manifestou-se esta sexta-feira pronto para enfrentar uma "grande campanha" que diz estar a ser preparada contra si, reafirmando a sua vontade de se recandidatar nas eleições de 2017.

"Hoje chegou-me a informação de que haveria quem quisesse fazer, até março, uma grande campanha sobre o meu caráter, a minha vida pessoal e tudo aquilo que me rodeia. Umas das coisas que mais me orgulha é poder estar aqui de cabeça erguida com o meu pai e sentir o orgulho que ele tem. Podem vir todos", disse Bruno de Carvalho, em Leiria.

Dirigindo-se ao pai, durante a 36.ª edição dos prémios Rugidos de Leão, o líder 'leonino' assumiu a recandidatura: "Aos seis anos disse-te que queria ser presidente. E agora digo-te que nas próximas eleições continuarei a sê-lo, porque amo este clube".

"Estou preparado para tudo o que vier. Este tipo de ameaças, chantagens e campanhas só me tornam mais forte e só aumentam o meu sentido de responsabilidade. Se fossem inteligentes, o que faziam era não falar de mim. Como não o são, ataquem-me. Mas não sejam cobardes: ataquem-me a mim e deixem a minha família de fora", acentuou.

Sem revelar a origem da "grande campanha", Bruno de Carvalho apontou aos rivais que "apostam as fichas todas na divisão da família sportinguista".

"Nos próximos tempos assistiremos a uma intensa campanha para nos denegrir. Seja na pessoa do seu presidente, do seu treinador, dos nossos atletas, em síntese, do nosso Sporting Clube de Portugal", afirmou.

O líder sportinguista lançou também críticas para dentro do clube. "Dói-me assistir quase diariamente aqueles que se afirmam sportinguistas, mas que não hesitam a fazer em fretes àqueles que nos querem ver fora do caminho do sucesso que tanto merecemos e que tanto nos custa conquistar", disse.

O presidente sublinhou que "o Sporting nunca mais tolerará agendas pessoais que se sobreponham aos superiores interesses do clube", porque "o tempo de um Sporting submisso, resignado e em que tantos se foram servindo do clube para autopromoção, acabou".

Em Leiria, Bruno de Carvalho disse ainda estar certo da conquista do título nacional de futebol: "A última jornada disputada em Alvalade marca de forma indelével o regresso ao caminho que traçámos, de lutarmos até ao fim pela conquista do nosso 23.º título de campeões nacionais", afirmou o presidente 'leonino', insistindo no número de 22 títulos de campeão, em vez de 18.

Perante cerca de 1.500 participantes, a 36.ª gala Rugidos do Leão premiou os Jorge Jesus, Gelson Martins e Bryan Ruiz (futebol profissional), Caio Japa (futsal), Sara Moreira (atletismo), Pedro Pinotes (natação), Nuno Paiva (karaté), João Pinto (hóquei em patins), Aruna Quadry (ténis de mesa), João Soldado (desporto adaptado), Olga Alves (ginástica) e a Fundação Sporting.

No evento organizado pelo Museu do Sporting de Leiria foram ainda entregues as faixas de campeões europeus à equipa feminina de atletismo que, em maio, venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus, na Turquia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)