Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Empréstimos e compras a baixo custo no FC Porto

Dragões trouxeram jogadores cedidos de clubes europeus e compraram barato na Liga.
João Moniz 8 de Outubro de 2020 às 08:23
Taremi custou 5 milhões de euros aos cofres da SAD do FC Porto
Taremi custou 5 milhões de euros aos cofres da SAD do FC Porto FOTO: FC Porto
Na defesa do título de campeão, o FC Porto teve uma abordagem ao mercado diferente da do rival Benfica, que gastou dezenas de milhões de euros em promessas contratadas no estrangeiro.

Os dragões começaram por apostar no mercado nacional, resgatando jogadores a custo zero como Carraça e Cláudio Ramos ou que implicaram baixo investimento: Taremi (5 M€) e Zaidu (4 M €), primeiro, Toni Martínez (3,5 M €) e Nanú (2 M €), depois.

Evanilson (8 M €) foi a única aquisição mais dispendiosa vinda do estrangeiro, de onde chegaram vários jogadores no último dia de mercado, só que por empréstimo de uma época: o central/lateral-esquerdo Sarr, o médio-centro Grijic e o médio/ala Felipe Anderson visam compensar as saídas de Alex Telles e Danilo.
FC Porto Benfica desporto futebol
Ver comentários