Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Eriksen é o jogador que ganha mais no plantel do Inter... e é a FIFA que lhe paga o ordenado

Dinamarquês, fora dos relvados devido a colapso durante jogo do Euro 2020, recebe cerca de 7,5 M€ limpos por temporada
Record 1 de Outubro de 2021 às 11:16
Christian Eriksen continua fora dos relvados, mas pode regressar já este mês. Apesar de não disputar qualquer partida pelo Inter desde maio, o dinamarquês é, segundo dados da 'Calcio e Finanza', o jogador mais bem pago do plantel nerazzurri, auferindo cerca de 9,83 milhões de euros brutos por ano (7,5 M€ limpos). Mas o seu caso... é especial. Fontes em Itália avançam que o salário do médio está a ser pago pela FIFA, devido ao problema cardíaco que o jogador sofreu e que o fez colapsar no relvado durante o Euro'2020, no Dinamarca-Finlândia, em junho.

"Trata-se de um programa criado para dar uma indemnização (baseada no salário fixo do jogador) aos clubes caso os jogadores que participem em partidas das seleções nacionais sofram uma lesão que os obrigue a parar durante mais de 28 dias consecutivos", explicou a 'Calcio e Finanza'.

O 'Seguro FIFA', segundo o 'AS', cobre um máximo de 7,5 M€ por cada ano de paragem, uma parte importante do salário de Eriksen.

Outro fator que joga a favor do dinamarquês é o 'decreto de crescimento': uma norma que "permite que os clubes economizem impostos com os jogadores que tiveram a sua residência fiscal fora de Itália por pelo menos dois anos antes da sua chegada à Serie A, e que mantiveram a residência no país transalpino durante pelo menos dois anos após". Este é precisamente o caso do médio: representa os nerazzurri desde 2019/2020, e antes de chegar representou, durante sete épocas, o Tottenham.

A mesma fonte relevou ainda os salários estimados da presente e da passada temporada da Juventus, numa lista que era liderada por Cristiano Ronaldo: o craque português auferia 57,3 milhões de euros bruto e ainda recebia cerca de 29 M€ em amortizações.
Finanza Christian Eriksen Inter Calcio FIFA Itália Dinamarca-Finlândia desporto futebol futebol
Ver comentários