Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Ex-chefe da Juve Leo pede desculpa a Jesus e William

Fernando Mendes "atuou de cara destapada" em Alcochete.
Ricardo Tavares 16 de Maio de 2018 às 16:47
Bruno de Carvalho e Fernando Mendes
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Fernando Mendes
Bruno de Carvalho e Fernando Mendes
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Fernando Mendes
Bruno de Carvalho e Fernando Mendes
Jorge Jesus
Jorge Jesus
Fernando Mendes
Fernando Mendes, ex-chefe da claque Juventude Leonina, um dos elementos do grupo que esta terça-feira invadiu, sequestrou e agrediu alguns jogadores da equipa principal de futebol do Sporting, nomeadamente Bas Dost,  membros da equipa técnica e do corpo clínico, "atuou de cara destapada e pediu desculpas a Jorge Jesus e William de Carvalho", um dos capitães de equipa, garantiu fonte do Correio da Manhã.

"Fernando Mendes confessou a Jorge Jesus e a William Carvalho que perderam o controlo da situação", conta a nossa fonte, adiantando, por outro lado, que o treinador "foi agredido com um cinto" em pleno relvado, onde aguardava pela chegada dos jogadores, que se tinham submetido à habitual sessão de recuperação e fortalecimento muscular.

Os futebolistas acabaram por não ir para o campo, pois deram conta do barulho e dirigiram-se logo para o balneário. Fernando Mendes, já no passado domingo à noite, no Aeroporto do Funchal, confrontou a comitiva leonina que se preparava para se dirigir para a zona de embarque.

O antigo chefe da claque mais conhecida dos leões trocou algumas palavras com o sereno William Carvalho, sempre com Jorge Jesus a ouvir, mas acabou por ser afastado do local pela polícia depois de uma troca de empurrões com os jogadores.
William Carvalho Aeroporto do Funchal Fernando Mendes Bas Dost Juventude Leonina Sporting desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)