Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Frederico Varandas exige resultados ao técnico interino Leonel Pontes

Líder do Sporting admite que goleada com o Benfica, na Supertaça, foi decisiva para a saída de Marcel Keizer.
Filipe António Ferreira 5 de Setembro de 2019 às 08:48
Varandas
Bas Dost saiu para o E. Frankfurt
Leonel Pontes (ao centro) foi o primeiro a chegar ao treino
Bolasie tem 30 anos
Keizer vai fazer ‘desconto’
Varandas
Bas Dost saiu para o E. Frankfurt
Leonel Pontes (ao centro) foi o primeiro a chegar ao treino
Bolasie tem 30 anos
Keizer vai fazer ‘desconto’
Varandas
Bas Dost saiu para o E. Frankfurt
Leonel Pontes (ao centro) foi o primeiro a chegar ao treino
Bolasie tem 30 anos
Keizer vai fazer ‘desconto’
Frederico Varandas admitiu esta quarta-feira que o técnico interino Leonel Pontes pode passar a permanente no Sporting, mas tem de apresentar resultados: "Não tem prazos, tem uma tarefa. Estaremos com ele para observar aquilo que tivermos de observar."

"Não foi escolhido para ser treinador dos sub-23 por acaso. Tem muitos anos de Sporting, conhece a realidade do futebol português e hoje tem a perfeita noção do que se passa no clube", salientou o presidente dos leões, em entrevista à Sporting TV. Deu, também, a entender que continua a trabalhar numa solução de futuro para a equipa técnica. E até defeniu um perfil: "Português, que aposte na formação e que tenha resultados."

Sobre a saída de Marcel Keizer, Varandas reconhece que a goleada sofrida com o Benfica, na Supertaça (5-0), foi determinante: "Marcou muito. Sentimos que a própria confiança de Keizer desceu e isso sentia-se no grupo. A sensação que tínhamos era de que o Sporting tanto podia fazer um grande jogo como um jogo muito mau."

O líder leonino faz um balanço muito positivo do mercado de transferências. "Conseguimos encaixar 60 milhões de euros e perdemos apenas um titular indiscutível [Raphinha]. Mantivemos o melhor médio da Europa [Bruno Fernandes] e vimo-nos livres de um lastro de jogadores excedentários que representavam 25% do orçamento em salários", salientou.

Após as entradas, no último dia de mercado, de Jesé, Fernando e Bolasie, Varandas garante que o Sporting tem "um plantel mais competitivo e com mais soluções do que na época passada".

O presidente do Sporting garantiu esta quarta-feira que o capitão Bruno Fernandes "não está apalavrado" com nenhum clube e que a única proposta, neste defeso, foi do Tottenham, no valor de 45 milhões de euros mais 20 por objetivos (caso conquistasse a Premier League e a Champions).

Varandas revelou ainda que vai melhorar o contrato de Bruno porque "merece" e que o clube não vai pagar 5 milhões de euros ao jogador por ficar em Alvalade. Sobre o melhor momento desde que assumiu a presidência (há um ano), Varandas garante que foi o dia após a conquista da Taça de Portugal.

FRASES
- "Só avançámos para a venda do Raphinha quando percebemos que não vendíamos o Bruno"
- "Alguém iria despedir um treinador que tinha vencido duas taças?’’
- "Jesé está comprometido. administração atravessou-se pelo jogador’’
- "Venda de thierry correia foi um grande negócio’’
- "2018/2019 foi a melhor época dos últimos 17 anos’’
- "Ao primeiro desaire lá saem os esqueletos do costume’’
- "A situação financeira do sporting está melhor do que quando cheguei’’
- "Mattheus Oliveira preferiu ficar [tem contrato mas não é opção]. É estranho"

Triste com saída de Dost
Varandas admitiu que queria ter mantido Bas Dost, mas disse que o facto do jogador ter pedido para sair em maio tornou isso impossível. "Preparámos o plantel sem ele. Foi o negócio possível", referiu.

Sporting tenta acordo com Viviano
O guarda-redes Viviano foi inscrito pelo Sporting no último dia do mercado de verão, mas pode deixar Alvalade. O Sporting tenta um acordo de rescisão que possibilite ao jogador de 33 anos arranjar novo clube.

Duas mudanças no setor defensivo
A saída de Thierry Correia e a suspensão de Coates (foi expulso no último jogo frente ao Rio Ave) obrigam Leonel Pontes a fazer duas mudanças na defesa para o jogo com o Boavista (15/9), referente à 5.ª jornada da Liga.

Thierry Correia pago em 4 tranches
Os 12 milhões de euros da venda do defesa-lateral Thierry Correia ao Valência serão pagos em quatro tranches de 3 milhões cada, revelou esta quarta-feira o jornal espanhol ‘Superdeporte’.

PORMENORES
Equipa técnica
Rodolfo Correia (treinador adjunto), Gonçalo Álvaro (preparador físico) e Nélson Pereira (treinador de guarda-redes), transitam da equipa técnica de Marcel Keizer para a que agora é liderada por Leonel Pontes. Com o holandês, saiu também o adjunto Roy Hendriksen.

Sucessão nos sub-23
A sucessão de Leonel Pontes no comando técnico da equipa de sub-23, que lidera a Liga Revelação com cinco vitórias em cinco jogos, está feita com a promoção do adjunto Emanuel Ferro a treinador principal. Tem 40 anos e passado na área da formação (já trabalhou no Benfica, entre outros clubes).

Tutor de CR7
Leonel Pontes é madeirense, tal como Cristiano Ronaldo. Um detalhe que em 1997 o ajudou a ter sido escolhido para tutor daquele que viria a ser o melhor jogador do Mundo, aquando da chegada ao Sporting (e a Lisboa), então com 12 anos.

Primeiro dia do novo técnico
Leonel Pontes dirigiu esta quarta-feira o primeiro treino como técnico principal do Sporting, após a saída de Marcel Keizer. O novo dono da chave do balneário foi o primeiro a chegar ao relvado de um dos campos da Academia de Alcochete, acompanhado pelos adjuntos, Rodolfo Correia, Gonçalo Álvaro (preparador físico) e Nélson Pereira (técnico de guarda-redes).

O treinador, 47 anos, orientou uma sessão sem 11 jogadores convocados para as seleções, mas com o defesa Echedey, os médios Matheus Nunes e Tomás Silva e o avançado Joelson, todos da equipa de sub-23, que antes ele mesmo dirigia. Os reforços Bolasie e Jesé também se estrearam em Alcochete (Fernando realizou testes médicos).

A estreia do técnico, para já interino, acontece no dia 15 com o Boavista para a Liga. Um jogo que poderá ser decisivo para a continuidade de Pontes, até porque, quatro dias depois, os leões vão à Holanda para defrontar o PSV , na estreia da fase de grupos da Liga Europa (19/09). Esta será a segunda experiência de Leonel Pontes como técnico principal no Sporting (orientou um jogo em 2009 após a saída de Paulo Benti, Rio Ave, 2-2).

Bolasie é o 89 devido ao ano de nascimento
Yannick Bolasie, um dos três recentes reforços do Sporting, escolheu o número 89 para usar na camisola, em alusão ao seu ano de nascimento: 1989. Jesé vai usar nas costas o número 21 e Fernando fica com o número 18.

Marcel Keizer admite baixar indemnização
Marcel Keizer teria direito a uma indemnização a rondar os dois milhões de euros pelo despedimento, mas o CM sabe que o treinador está disposto a baixar o valor do acordo de saída com o Sporting.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)