Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Jogadores afastam layoff e só aceitam cortes por escalões

Sindicato diz que clubes mantiveram a receita dos direitos televisivos.
J.M. 5 de Abril de 2020 às 09:44
Joaquim Evangelista preside ao Sindicato dos Jogadores de Futebol
Joaquim Evangelista preside ao Sindicato dos Jogadores de Futebol FOTO: Ricardo Nascimento

"Não me parece que os clubes preencham os requisitos necessários para ter acesso ao layoff. E choca-me que o Estado tivesse que suportar, neste momento, muita irresponsabilidade do futebol."

Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores, desvaloriza ao CM a intenção de todos os clubes da II Liga e de alguns mais pequenos da Liga socorrerem-se, a partir de amanhã, do mecanismo que reduz o salário dos trabalhadores para dois terços do valor normal (num máximo de 1905 euros por mês), ficando a Segurança Social responsável por pagar 70% desse montante e a empresa os restantes 30%.

O dirigente relembra que as equipas receberam os direitos televisivos referentes a março, pelo que deveriam ter liquidez suficiente para cumprir as suas obrigações.

Contudo, Joaquim Evangelista aceita que, no futuro, se façam cortes salariais adaptados ao nível de rendimento de cada jogador: "Quem pode, suporta mais, quem está em circunstâncias mais adversas faz o sacrifício menor." Legalmente, cortar os salários sem o acordo dos atletas é um processo difícil de concretizar.

Prontos para jogar em pouco tempo
"Temos de entender quando vai recomeçar o campeonato, mas acho que em pouco tempo estaremos prontos para voltar a jogar. Os jogadores não pararam totalmente, estão a trabalhar agora", afirmou Paulo Fonseca. O treinador da Roma quer terminar o campeonato italiano desde que se cumpra uma condição essencial: "A saúde das pessoas é a coisa mais importante no momento."

O técnico disse ainda que aceita a redução dos salários das equipas profissionais: "É um momento difícil para toda a gente. Temos de fazer a nossa parte."

Estado Joaquim Evangelista II Liga desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)