Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Liga de clubes de futebol reúne-se com DGS para debater "medidas preventivas" sobre coronavírus

Reunião visa abordar medidas preventivas e antecipar cenários no futebol profissional português.
Lusa 26 de Fevereiro de 2020 às 14:21
Liga de Clubes
Liga de Clubes FOTO: José Moreira
A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) tem uma reunião na quinta-feira na Direção-Geral da Saúde, com vista a debater "medidas preventivas" relacionadas com o coronavírus Covid-19, informou esta quarta-feira o organismo representativo dos clubes profissionais.

"Este encontro, que vai realizar-se a pedido da Liga, servirá apenas para falar de medidas preventivas e antecipar cenários no futebol profissional português, numa altura em que o futebol italiano está a sofrer consequências dos casos existentes", indica a LPFP, em comunicado.

O organismo que representa os clubes da I e II ligas, assinalou que em Itália "já existiram adiamentos de jogos da Série A e outros, da Liga Europa, vão realizar-se à porta fechada": "Preocupada com um eventual escalar da situação, a Liga vai saber de que forma o futebol profissional pode precaver-se da chegada do vírus ao nosso país", observou a LPFP.

As autoridades italianas confirmaram hoje a 12.ª vítima mortal por Covid-19 naquele país, informando ainda que o número de pessoas infetadas com o novo coronavírus em Itália é de 374.

O balanço provisório da epidemia é de, pelo menos, 2.763 mortos e cerca de 81 mil infetados, de acordo com dados reportados por mais de 40 países e territórios.

Além de 2.717 mortos na China, onde o surto começou no final do ano passado, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública de âmbito internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Em Portugal, já houve 17 casos suspeitos, que resultaram negativos após análises.

O único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que foi internado num hospital da cidade japonesa de Okazaki, situada a cerca de 300 quilómetros a sudoeste de Tóquio.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)