Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

"Luisão só sai se houver um terramoto"

Luís Filipe Vieira em entrevista ao CM acredita na conquista inédita do tetracampeonato.
Pedro Neves de Sousa 27 de Outubro de 2016 às 01:45
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira FOTO: Tiago Sousa Dias
Luís Filipe Vieira, na segunda parte da entrevista ao CM, fala de Luisão, dos árbitros e de Rui Vitória.

Correio da Manhã – O Benfica é líder do campeonato. O ‘tetra’ está bem encaminhado?
Luís Filipe Vieira – Não, não sinto nada disso. A única coisa que nós sentimos é que continuamos a trabalhar com a mesma humildade e a mesma determinação. Neste momento, o Benfica é o líder e quer continuar a olhar de cima. A nossa mentalidade é essa.

Não exclui a possibilidade de vendas e compras em janeiro para o plantel?
O que vem em janeiro... eu não sei o que vai suceder em janeiro. Se me perguntarem se há muita gente interessada em alguns jogadores do Benfica, eu direi que sim.

Apesar das saídas de Nico Gaitán e Renato Sanches, sente que o Benfica está mais forte do que na época passada?
[risos] O treinador é o mesmo, as pessoas que estão na estrutura são as mesmas, a grande maioria dos jogadores são os mesmos. Quem chegar hoje ao Benfica, facilmente fica integrado no grupo. Saíram dois jogadores que eram dos mais importantes e o Benfica soube repor normalmente, dentro daquilo que nós pensamos que fizemos bem e aquilo que o nosso treinador fez. Por isso, não estamos arrependidos do que fizemos.

O Benfica é líder, mas foi questionado várias vezes devido à onda de lesões...
Temos um plantel de 27 jogadores e todos eles são importantes no Benfica e estão a responder no campo. Os jogadores que estão lesionados fazem parte do grupo, outros jogadores aparecem para os substituir e os resultados estão aí. Às vezes, no Benfica, um problema gera uma oportunidade. Temos muita pena que o Jonas esteja lesionado. O Jonas brevemente estará recuperado, brevemente será reintegrado.

O Luisão não saiu no mercado de verão porquê?
O Luisão, além de ser jogador, é capitão do Benfica. É o meu companheiro há 15 anos no Benfica. Por isso, o Luisão só sai se houver um terramoto. Quem pensou ou quem entendeu que o Luisão podia desestabilizar o Benfica, enganou-se. Pelo contrário, uniu-nos cada vez mais internamente. Por isso, o Luisão se tivesse de sair do Benfica tinha de ser com o acordo dele.

O Luisão está com 35 anos, jogue ou não jogue, é o capitão, o meu companheiro e o único sobrevivente do caos no Benfica. Ele é a única testemunha do renascimento do clube e isso, para quem me conhece, sabe perfeitamente que tem muito valor para mim. É difícil ele sair do Benfica, e no dia em que ele sair do Benfica, será de comum acordo por alguma proposta tentadora.

Vai renovar?
Ele sabe o que já conversei com ele e o que ele conversou comigo. Por isso, ele sabe que as coisas funcionam assim no Benfica.
Luís Filipe Vieira Luisão Rui Vitória Benfica Nico Gaitán Renato Sanches Jonas desporto futebol
Ver comentários