Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

“Nova opção para a Seleção”

Octávio Machado, que lançou o pai, Domingos, pede mais oportunidades para o avançado.
Mário Figueiredo 30 de Janeiro de 2015 às 21:22
Gonçalo Paciência estreou-se a marcar pela equipa principal na Taça da Liga
Gonçalo Paciência estreou-se a marcar pela equipa principal na Taça da Liga FOTO: José Moreira

Gonçalo Paciência é uma nova opção para a seleção nacional, dada a escassez de avançados que existe em Portugal." Quem o diz é Octávio Machado, adjunto de Tomislav Ivic no FC Porto em 1987 e responsável por ter lançado o pai do jovem portista, Domingos Paciência, na equipa principal dos dragões nesse ano.

"O Domingos foi um jogador extraordinário, mas espero que o Gonçalo seja ainda melhor", disse ao CM o antigo técnico do FC Porto e Sporting. Para Octávio Machado, além das qualidades físicas e técnicas "acima da média", o jovem de 20 anos beneficia de uma infância com "formação de base ótima". O comentador CM/CMTV lança ainda críticas à direção portista: "Não há que ter medo das palavras. O Gonçalo só não foi emprestado ao Arouca porque o Adrián se lesionou e o Aboubakar foi para a CAN." Contactado pelo CM, Domingos recusou falar sobre o filho: "Este é o momento dele."

Gonçalo Paciência estreou-se a marcar pela primeira equipa do FC Porto na vitória (4-1) sobre a Académica, na Taça da Liga, na quarta-feira.

Ver comentários