Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Pape Diouf, antigo presidente do Marselha, morreu vítima do novo coronavírus

Ex-internacional senegalês encontrava-se internado desde sábado.
Record 31 de Março de 2020 às 22:08
Pape Diouf
Pape Diouf FOTO: Marseille
Pape Diouf, antigo presidente do Marselha, entre 2006 e 2009, faleceu esta terça-feira vítima do novo coronavírus. O antigo internacional senegalês tinha 68 anos encontrava-se internado desde sábado em Dacar.

"O Olympique de Marseille gostaria de prestar todo o seu apoio ao ex-presidente Pape Diouf, afetado pelo Covid-19", escreveu o emblema francês na página oficial do Twitter.

O antigo jornalista, agente de jogadores e líder do Olympique, de 2005 a 2009, estava prestes a ser repatriado de Dacar para Nice, em França, mas a sua condição de saúde deteriorou-se e o avião já não descolou.

A morte, também confirmada pela televisão pública senegalesa RTS, acontece após Diouf estar infetado com covid-19 e com respiração assistida.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 38 mil morreram.

Dos casos de infeção, pelo menos 163 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes e 7.443 casos de infeção confirmados.

Pape Diouf política coronavírus infeção morte Marselha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)