Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Polícia faz buscas na casa do médico de Maradona, avança imprensa argentina

Leopoldo Luque está a ser alvo de investigação de possível negligência na morte do futebolista. Clínico já foi julgado por homicídio mas acabou absolvido.
Correio da Manhã 29 de Novembro de 2020 às 13:26
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais, com o médico Leopoldo Luque
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais, com o médico Leopoldo Luque
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais, com o médico Leopoldo Luque
Última foto de Maradona divulgada nas redes sociais

A Justiça argentina ordenou que fossem feitas buscas à casa e consultório médico de Leopoldo Luque, médico pessoal de Diego Maradona, que morreu esta quarta-feira aos 60 anos.

Segundo o La Nacion, que cita fonte oficial, "em virtude das provas já recolhidas, foi considerado necessário recorrer a mais diligências, com buscas na casa e consultório do Dr. Luque".

As diligências foram pedidas no âmbito da investigação das causas da morte de ‘El Pibe’, onde se suspeita de homicídio por negligência. Recorde-se que Maradona estava a recuperar em casa após uma operação a um hematoma na cabeça, feita precisamente por Leopoldo Luque.

As buscas foram pedidas pelos procuradores do MP argentino Laura Capra Patricio Ferrari e Cosme Irribaren, tendo sido autorizadas pelo juíz de Tigre, Orlando Díaz.

A casa do médico localiza-se em Buenos Aires, capital argentina.

De referir que Leopoldo Luque, que se viu envolvido em polémica ao divulgar uma foto de Maradona a recuperar da operação, já foi previamente julgado por homicídio.

Na altura o neurocirurgião acabou absolvido das acusações que lhe eram imputadas: sustentava o MP que o médico e os irmãos tinham assassinado um vizinho no seguimento de uma discussão.

Justiça Leopoldo Luque Diego Maradona crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários