Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Presidente da Federação Francesa de Futebol fecha a porta da seleção a Benzema

Avançado do Real Madrid está afastado da equipa da França desde outubro de 2015.
10 de Outubro de 2018 às 13:42
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
As acusações de Karim Benzema de que o selecionador de futebol de França cedeu 'à pressão de um partido político racista' para não o convocar para o Euro2016 criaram uma onda de indignação na esfera desportiva e politica gaulesa
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
As acusações de Karim Benzema de que o selecionador de futebol de França cedeu 'à pressão de um partido político racista' para não o convocar para o Euro2016 criaram uma onda de indignação na esfera desportiva e politica gaulesa
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
As acusações de Karim Benzema de que o selecionador de futebol de França cedeu 'à pressão de um partido político racista' para não o convocar para o Euro2016 criaram uma onda de indignação na esfera desportiva e politica gaulesa
O presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noel Le Graet, disse hoje que um possível regresso do avançado gaulês Karim Benzema à seleção principal francesa está definitivamente fora de questão.

"Não tenho nada contra Karim, ele sempre se portou bem na equipa de França. Mas creio que os 'bleus' terminaram para ele, especialmente porque parece estar em pior forma há algum tempo", disse Le Graet numa entrevista publicada pelo diário francês Ouest France.

O avançado do Real Madrid, que integra a lista dos 30 nomeados para a Bola de Ouro, está afastado da equipa da França desde outubro de 2015, depois de ter visto o seu nome associado a um esquema de extorsão relacionado com um vídeo de cariz sexual envolvendo o companheiro de seleção Mathieu Valbuena.

A relação com o selecionador dos campeões do mundo, Didier Deschamps, também se deteriorou quando Benzema acusou o técnico de racismo, depois de ter ficado de fora da convocatória para o Euro2016, realizado em França.

Com 30 anos, o franco-argelino alinhou em 81 encontros da seleção e apontou 27 golos.
Ver comentários