Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Rafael Leão perde ação em tribunal e Sporting vai receber já 300 mil euros em salários

Jogador rescindiu unilateralmente com os leões e contestava a decisão da penhora do salário e bens.
Record 23 de Maio de 2022 às 18:49
Rafael Leão
Rafael Leão
Após dois adiamentos, o Tribunal de Milão decidiu esta segunda-feira contra a defesa apresentada por Rafael Leão, ex-Sporting e atualmente jogador rossonero, no diferendo com a SAD no âmbito da penhora de parte do seu salário: apurou Record que há luz verde para o depósito imediato de 300 mil euros, referentes a ordenados do internacional português, na conta dos verdes e brancos, 20% (1/5) dos 1,5 milhões de euros que aufere atualmente.

O recém-campeão italiano e melhor futebolista da Serie A, que em 2018 rescindiu unilateralmente com o Sporting, contestava a decisão da penhora do salário e bens, forma encontrada pela SAD atualmente liderada por Frederico Varandas para suprir parte do pagamento ordenado pelo TAD (tribunal português, em março de 2020), que condenou o futebolista a indemnizar os leões em 16,5 milhões de euros precisamente por essa quebra de vínculo, cifra que com juros já supera os 20 M€.

Rafael Leão recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL), pediando a anulação da decisão, apelo que o TRL rejeitou, considerando que ao contrário do que fora apresentado pela defesa do jogador, não se encontra qualquer ambiguidade ou contradições na decisão do TAD.

Outro processo ainda decorre no TAS

Este é, no entanto, um processo diferente do que aquele que ainda corre no TAS (Tribunal Arbitral do Desporto, instância internacional) e que em fevereiro já decidiu parcialmente sobre o caso, dando razão ao Sporting, que pedia que o Lille, clube pelo qual Leão assinou após a rescisão, fosse solidário no pagamento da verba a receber, valor esse que ainda está por definir (o pedido inicial superava os 45 milhões de euros).

A segunda parte do processo será dirimida na FIFA, mais concretamente na Câmara de Resolução de Litígios, uma vez que o tribunal com sede em Lausanne, na Suíça, se julgou incompetente para o fazer. O Sporting não esperou e faz-se valer na justiça portuguesa, que já definiu o valor da indeminização.

Concluindo, 1/5 do salário de Leão irão mensalmemente para a conta da SAD verde e branca; e o futebolista está, segundo a imprensa italiana, em processo de renovação com o Milan, que pode subir o seu salário dos 1,5 M€ para os 4,5 M€ por temporada.
Ver comentários
}