Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Rúben Amorim: "O Sporting não está em pé de igualdade"

Treinador dos leões admite ser “impossível” competir com os eternos rivais FC Porto e Benfica.
Daniel Lopes Monteiro 4 de Outubro de 2020 às 09:42
A carregar o vídeo ...
Treinador dos leões admite ser “impossível” competir com os eternos rivais FC Porto e Benfica.
"O Sporting está em pé de igualdade com os rivais em termos da grandeza do clube. Em termos do resto não está, é impossível, mas cabe-nos a nós ter noção disso e trabalhar em função disso", sublinhou Rúben Amorim, técnico do Sporting, na antevisão ao encontro deste domingo (21h00), em casa do Portimonense, admitindo ser difícil para os leões competirem com FC Porto e Benfica. Amorim, porém, não atira a toalha ao chão e aproveitou para deixar uma... indireta.

"Parece-me que há muita gente que já desistiu da equipa do Sporting, mas para mim como treinador e para os rapazes que estão lá dentro isto não acabou. Ainda agora começou. Por mais que desistam, fora e dentro do Sporting, vão ter uma vida difícil porque vamos dar luta. Vamos seguir com a nossa ideia e o nosso caminho. Até o céu pode cair que não vou mudar a minha maneira de ser. Vamos ser competitivos", disse.

Por sua vez, a derrota pesada frente ao LASK Linz e consequente eliminação da Liga Europa, na última quinta-feira, foi um dos temas incontornáveis da conferência de imprensa. "A mensagem que passei aos jogadores foi que não vissem jornais e vissem o jogo sem som para perceberem o que fizemos bem e menos bem. Já tivemos jogos em que jogámos menos do que naquele e ganhámos. A história do jogo foi o que foi. Uma equipa quis jogar, outra quis jogar nas segundas bolas. Uma marcou de bola parada, nós empatámos, controlávamos e, de repente, há uma falta não marcada de um lado e há golo. Depois da expulsão, o jogo acabou. Sabemos o resultado, foi pesado, mas não lhes posso dizer nada. Não é a coisa mais popular de se dizer, mas não lhes posso pedir nada. Deram tudo", concluiu o timoneiro do Sporting.

Ristovski teve direito a um recado
Ristovski não tem sido opção e ouviu um recado de Rúben Amorim. "Há um caminho a seguir. E quem se desvia... É a única forma que vejo para levar isto a bom porto", disse o técnico dos leões, frisando que a falta de minutos de Sporar é por "opção técnica".
Ver comentários