Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sérgio Conceição exige concentração a Marega

Treinador também não gostou das exibições de Telles e Zé Luís.
Rafael Duarte e M.F. 29 de Outubro de 2019 às 07:48
Luís Diaz marcou o 1º golo do FC Porto na vitória (3-0) diante do Famalicão
Alex Telles (esq.) começou o jogo com o Famalicão no banco
Marega viu a partida de domingo na bancada
Luís Diaz marcou o 1º golo do FC Porto na vitória (3-0) diante do Famalicão
Alex Telles (esq.) começou o jogo com o Famalicão no banco
Marega viu a partida de domingo na bancada
Luís Diaz marcou o 1º golo do FC Porto na vitória (3-0) diante do Famalicão
Alex Telles (esq.) começou o jogo com o Famalicão no banco
Marega viu a partida de domingo na bancada
Moussa Marega ficou na bancada no jogo com o Famalicão (3-0) porque Sérgio Conceição não gostou da exibição do avançado frente ao Rangers (1-1, Liga Europa) e quer vê-lo mais concentrado nos jogos, apurou o CM.

"Optei pelos jogadores que estavam a 100 por cento a todos os níveis. Optei por estes onze, que me davam todas as garantias", afirmou o técnico portista, depois da vitória do passado domingo, para explicar a ausência de Marega, que viu o jogo na bancada do Dragão, junto da família.

Mas Marega não foi a única ausência surpreendente no onze do FC Porto. Também Alex Telles e Zé Luís ficaram de fora, sendo que o defesa entrou aos 79’ e o avançado não saiu do banco - o técnico teve de colocar Manafá na posição de Alex Telles (lateral-esquerdo), Mbemba a defesa-direito e Soares na frente. Isto porque Sérgio Conceição terá responsabilizado o trio pelo empate frente ao Rangers, a 24 de outubro, em que os dragões eram favoritos.

Telles viu o cartão amarelo e falhou vários centros e passes, Zé Luís esteve apagado e foi substituído por Soares aos 76’ e Marega também não esteve em grande plano, denotando uma fraca condição física. Segundo as fontes contactadas pelo CM, o técnico considerou que estiveram pouco concentrados.

O FC Porto lidera a Liga com os mesmos pontos do Benfica (21), mas tem uma melhor diferença de golos. Os dragões - que não eram líderes desde a 23ª jornada da época passada, tendo perdido o 1º lugar a 2 de março, na derrota (1-2) com o Benfica - começaram ontem a preparar o jogo com o Marítimo (esta quarta-feira, às 18h45).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)