Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sérgio Conceição: "Fundamental é não perder pontos"

Treinador do FC Porto quer dar continuidade ao momento depois da vitória no clássico com o Benfica na última jornada.
Paulo Jorge Duarte 16 de Fevereiro de 2020 às 10:25
Sérgio Conceição
Sérgio Conceição FOTO: MovePhoto
"Todos os jogos até ao fim da época são decisivos. O campeonato não depende só de nós, que temos de ir tentando encurtar distâncias. Fundamental é não perder pontos."

Foi desta forma que Sérgio Conceição reforçou, ontem, durante a antevisão do jogo com o V. Guimarães (este domingo, 17h30, Sport TV1), a obrigatoriedade do FC Porto somar vitórias para não descolar do Benfica, líder da Liga. "É fundamental dar continuidade ao bom resultado do último jogo. Tem alguma importância a vitória no clássico [triunfo com o Benfica por 3-2] a partir do momento em que amanhã [domingo] possamos conquistar os três pontos", reforçou o técnico portista.

Os azuis-e-brancos deslocam-se ao terreno dos vimaranenses com baixas de peso. Sérgio Conceição desvaloriza a ausência de Soares (castigo) e Danilo (lesão). "As ‘nuances’ que trabalhamos dependem também de alguma fragilidade do adversário. Não têm tanto a ver com as características dos jogadores que vão jogar, isto em termos ofensivos. Todos os jogadores que temos para o ataque estão dentro do mesmo perfil e não é por isso que iremos mudar alguma coisa", afirmou o treinador dos dragões.

Sérgio Conceição deixou elogios ao adversário, que "é muito forte e joga bem no seu estádio. É das equipas mais difíceis não só no panorama nacional, mas também da Europa. É uma equipa bem trabalhada, bem orientada e com excelentes jogadores. É uma tarefa bem difícil para nós. Conheço bem a paixão dos seus adeptos, porque tive a felicidade de ser o treinador do Vitória", referiu Conceição, que, a propósito do VAR, afirmou: "É uma ferramenta, mas depois há a pessoa que analisa...".

Ivo Vieira quer primeira vitória
"Vamos jogar com a mesma intenção de sempre, a de ganhar." Este é o desejo de Ivo Vieira para o jogo de domingo, mas o técnico do V. Guimarães nunca conseguiu levar a melhor sobre o FC Porto em jogos da Liga.

Desde que se tornou treinador, Vieira, de 44 anos, defrontou os dragões em seis ocasiões: perdeu quatro e empatou duas. Na época passada, quando estava ao serviço do Moreirense, conseguiu roubar pontos à equipa de Sérgio Conceição. Na temporada 2015/2016, então no Marítimo, a formação insular empatou em casa com o FC Porto (1-1).

Vieira conseguiu bater o pé ao dragão em duas ocasiões, ambas pelo Marítimo para a Taça da Liga (2014/15 e 2015/16).
No jogo da primeira volta, no Dragão, o FC Porto não deu hipóteses à equipa de Ivo Vieira. Os portistas beneficiaram logo ao minuto 2’ da expulsão do central Tapsoba, que saiu no passado mês para os alemães do Bayer Leverkusen. Depois, os golos surgiram naturalmente, por Moussa Marega (2) e Ivan Marcano.

A Tristeza e os golos de Zé Luís
Questionado sobre a forma como o avançado Zé Luís não tem festejado os golos que marca, o timoneiro portista foi pragmático. "Não me importava que ele estivesse sempre triste e a fazer golos. Se andar triste e a cada jogo fizer um golo que permita à equipa ganhar, ficamos todos contentes depois. O Zé teve um período muito bom, depois teve alguns problemas no joelho, que o impediram de estar disponível algum tempo", disse Sérgio Conceição.

Pepe e Danilo continuam de fora
Pepe e Danilo continuam a recuperar das respetivas lesões e foram convocados para a viagem até à Cidade Berço. Duas baixas importantes para Sérgio Conceição, que deverá continuar a apostar em Mbemba para o eixo da defesa (ao lado de Marcano) e Uribe para o meio-campo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)