Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Sócios chamados às urnas em fim de semana de eleições no FC Porto

Pinto da Costa enfrenta pela primeira vez duas candidaturas rivais no ato eleitoral marcado para este sábado de domingo.
Record 6 de Junho de 2020 às 11:00
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Eleições do FC Porto
Com 82 anos, 38 deles na presidência do FC Porto, Pinto da Costa enfrenta pela primeira vez duas candidaturas rivais no ato eleitoral marcado para este sábado de domingo, o que por si só também é uma novidade na história do clube. 

As urnas abriram às 10h00 e fecham às 19h00, hoje e amanhã.

O treinador André Villas-Boas exerceu o seu direito de voto no primeiro dia de eleições no FC Porto e manifestou o seu apoio a Pinto da Costa, afirmando que ainda é cedo para uma eventual candidatura sua ao cargo.

"Os sócios do FC Porto têm o direito de se apresentar e candidatar Não terão a mesma experiência e 'know how' do presidente. O nosso portismo, pelo menos o meu, é marcado pelo presidente do Pinto da Costa, por ter tornado este clube no maior clube português. Revejo-me nesta candidatura, no presidente, quero muito que continue. A viabilidade económica do FC Porto é um assunto sensível. É preciso continuar a ganhar, é preciso que a estabilidade económica venha com títulos, será esse o motor", disse aos jornalistas o atual treinador dos franceses do Marselha.

André Villas-Boas comentou ainda as palavras de Pinto da Costa, nas quais o líder portista garantia que se o treinador português se candidatasse a estas eleições, ele próprio não se candidataria.

"O FC Porto precisa de estabilidade. Desejo que os próximos quatro anos sejam a extensão do que foi o passado. Agradeço as palavras, é porque vê em mim uma pessoa com capacidade de liderança e conhecimento do mundo do futebol para liderar um clube como este", frisou.

Sobre uma eventual candidatura à presidência do FC Porto, André Villas Boas referiu que ainda é cedo para traçar cenários.

São oito as mesas de voto no Dragão , cada mesa com duas cabines para votar. O uso de máscara é obrigatório, bem como de uma esferográfica, por não ser aconselhada a partilha dos objetos devido à pandemia.

As eleições do FC Porto decorrem durante este fim de semana no Dragão Arena e têm quatro listas a concorrer: a lista A, liderada por Pinto da Costa, a lista B, encabeçada por Nuno Lobo, a lista C, de José Fernando Rio, e a lista D, que se candidata apenas ao Conselho Superior, liderada por Miguel Brás da Cunha.

Nuno Lobo e José Fernando Rio desafiaram o carismático líder dos dragões a apresentar ideias para o futuro do FC Porto e nos últimos dias viu-se um Pinto da Costa mais interventivo do que em processos eleitorais anteriores.

"Um dia histórico", diz José Fernando Rio
O candidato da lista C à presidência do FC Porto, José Fernando Rio, foi o primeiro dos candidatos exercer o direito de voto e considerou que é "um dia histórico" para o emblema 'azul e branco'.

"Eu acho que a expectativa é que os sócios venham em massa votar, compreenderam que é um momento importante, um dia histórico para o FC Porto. Ao fim de muitas décadas, os sócios têm uma alternativa", disse o antigo comentador do Porto Canal à saída do pavilhão.

José Fernando Rio salientou que deu o seu melhor para esclarecer os sócios em relação ao seu projeto.

"Acho que todas as candidaturas conseguiram apresentar projetos credíveis. Compete aos sócios virem votar. Ficar no sofá é fácil. Depois, que decidam em consciência o que é melhor para o futuro do FC Porto. Demos o melhor para esclarecer os sócios", afirmou.

futebol desporto FC Porto Pinto da Costa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)