Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Sporting atira vitória para o Benfica e falha pódio da Liga

Triunfo do Sp. Braga frente ao FC Porto e golo de Vinícius a um minuto do fim puxam Sporting para o quarto lugar.
Mário Pereira 26 de Julho de 2020 às 01:30
Chiquinho conduz a bola perante a oposição de Matheus Nunes
Chiquinho conduz a bola perante a oposição de Matheus Nunes FOTO: Pedro Ferreira
Um golo de Vinícius, aos 89 minutos, entregou este sábado o dérbi ao Benfica e atirou o Sporting para fora do pódio da Liga, posição que ocupava antes deste jogo. A vitória do Sp. Braga frente ao FC Porto e o desaire na Luz deixam os leões no quarto lugar e com isso a ter de lutar pelo acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Num jogo sem grandes motivos de interesse, do ponto de vista técnico, o Sporting entrou solto no jogo, com o futebol de pé para pé que Rúben Amorim pretende que seja a imagem de marca da equipa. Teve mais posse nos momentos iniciais mas não conseguiu criar perigo. Já o Benfica, acertadas as marcações, impôs um ritmo mais físico e consistente. E com isso conseguiu criar a primeira situação de perigo, com Pizzi, dentro da área, a rematar para a defesa possível de Maximiano, com os pés. Tinham passado dez minutos.

A partir desse momento, a equipa da Luz passou a mandar no jogo. E descobriu um filão: pressionar o adversário logo a partir do momento em que o guarda-redes leonino tentava iniciar uma nova fase de construção. Por uma boa meia dúzia de vezes, na primeira parte, o Benfica ganhou a posse de bola após forçar o erro da primeira linha do Sporting. E com isso acumulou situações para marcar. Pizzi aos 16’ erra o alvo por muito pouco; Chiquinho falha o alvo aos 27’ (corte precioso de Neto); e aos 28’ chega, quase com naturalidade ao golo, por Seferovic, de cabeça, após um pontapé de canto onde num primeiro momento Rúben Dias ganha de cabeça (foi dele a assistência para o suíço). Ao intervalo, a vantagem do Benfica era justa.

Na segunda parte, o Sporting esticou mais o seu jogo. Procurou o empate e foi premiado. Nuno Mendes obrigou Odysseas a grande defesa, Tiago Tomás atirou com estrondo à barra e à terceira chegou ao golo, na melhor jogada do encontro, com a bola a circular rapidamente até chegar aos pés de Sporar, que finalizou a preceito. A esperança renascia para os verdes-e-brancos (nesta altura já o Sp. Braga ganhava ao FC Porto). Mas Vinícius fez o 2-1 e com isso fez o Sporting baixar um lugar na classificação, ficando fora do pódio final da Liga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)