Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Sporting de 2000: Do selecionador ao pastor evangélico

Trinta de um plantel de 31 atletas acabaram com seca de 18 anos.
Ricardo Tavares 15 de Maio de 2020 às 08:28
Plantel do Sporting em 2000
Plantel do Sporting em 2000 FOTO: Direitos Reservados
Rui Jorge, selecionador dos sub-21, e César Prates, pastor evangélico, são dois dos 30 campeões – Nuno Santos não chegou a jogar – do Sporting que, em 2000, quebraram um jejum de 18 anos.

Fez esta quinta-feira 20 anos que os leões, no velho relvado de Vidal Pinheiro, derrotaram o Salgueiros, por 4-0, celebrando uma conquista com duas lideranças, Giuseppe Materazzi – o italiano dirigiu a pré-temporada, que é fundamental, e o início da época – e Augusto Inácio, que acabou por ser levado em ombros.

Alguns desses campeões, os penúltimos da história leonina, continuam ligados ao futebol, como técnicos, olheiros, dirigentes ou comentadores. Um outro, Hanuch, trava há anos uma luta contra o cancro.

E César Prates, que jogou no Real Madrid antes de chegar a Alvalade, continua a sua missão espiritual.

O brasileiro sentiu-se sempre um pastor. "Eu tinha isso dentro de mim", disse, há uns anos, o antigo colega de Acosta, o melhor marcador.

Plantel e técnicos
GUARDA-REDES
Peter Schmeichel – embaixador do Man. United e comentador desportivo em Inglaterra
Nelson – coordenador de guarda-redes na formação do Sporting
Nuno Santos – treinador de guarda-redes no Al Fayha (Arábia Saudita)

DEFESAS
Quim Berto – treinador (esteve esta época no Torreense)
Vinícius – trabalha no imobiliário
Marcos – desligado do futebol
Quiroga – treina na formação dos Newell’s Old Boys (Argentina)
Marco Almeida – treinador (adjunto em 2018/19 no Qashqai Shiraz, do Irão)
Saber – treinador do Wydad AC (Marrocos)
Beto – team manager da equipa principal dos leões
Rui Jorge – treinador (é o selecionador nacional de sub-21)
César Prates – pastor evangélico
André Cruz – tem uma escola de futebol

MÉDIOS
Duscher – treinador da equipa secundária dos Newell’s Old Boys (Argentina)
Delfim – empresário do ramo imobiliário
Pedro Barbosa – comentador desportivo
Toñito – tem uma escola de futebol nas Canárias
Afonso Martins – chegou a treinar o Pasteleira (Porto)
Vidigal – trabalhou no departamento de futebol do Sporting e é comentador desportivo
Bino – treinador (V. Guimarães B)
Kmet – treinou na formação do Atlético Lanús (Argentina)
De Franceschi – foi observador do Inter, diretor desportivo e técnico no Padova
Viveros – voltou ao Chile, fez o curso de treinador e teve uma escola de futebol

AVANÇADOS
Edmilson – ligado ao ramo empresarial, com ligações a clubes do Brasil e de Portugal (Desportivo da Guarda)
Hanuch – Deixou o futebol e continua a travar uma luta contra o cancro
Iordanov – treinador (adjunto nos sub-21 da Bulgária)
Acosta – chegou a trabalhar no departamento de futebol do São Lorenzo de Almagro
Krpan – ligado à área de coordenação do futebol croata
Ayew – integra o Comité do Estatuto do Jogador na Federação do Gana
Robaina – treinou as camadas jovens do Las Palmas, clube no qual jogou o filho
Mbo Mpenza – tem o curso de treinador e está ligado ao scouting do Anderlecht

Treinadores
Giuseppe Materazzi – trabalhou pela última vez, em 2017, como CEO do Casertana e foi diretor técnico, além de treinador
Augusto Inácio – treinou esta época o Avaí, da Série B do Brasil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)