Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Supremo recusa recurso de Benzema e jogador pode ir a julgamento no caso Valbuena

Futebolista está acusado de chantagem a Matthieu Valbuena.
Lusa 9 de Dezembro de 2019 às 14:40
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
O futebolista internacional francês Karim Benzema
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
O futebolista internacional francês Karim Benzema
O avançado Karim Benzema
O futebolista francês Karim Benzema
O futebolista internacional francês Karim Benzema
O Supremo Tribunal Francês recusou esta segunda-feira o recurso apresentado pelo futebolista Karim Benzema, do Real Madrid, que esperava colocar um ponto final no processo em que é acusado de chantagem a Matthieu Valbuena.

Os magistrados do Supremo consideraram que a investigação não ultrapassou os limites legais para obtenção de prova, como defendia o jogador.

A decisão valida as provas da acusação, o que poderá levar, assim que termine a fase de instrução, a julgamento Benzema, que é acusado de chantagem ao seu ex-companheiro de seleção Valbuena, com um vídeo de cariz sexual.

A defesa de Benzema argumentou que a prova estava viciada, devido à ação de um polícia infiltrado, que se fez passar por emissário de Valbuena, com o objetivo de identificar quem estava por detrás da chantagem.

O caso data de 2015 e desde então o avançado do Real Madrid foi vetado na seleção, efetuando o último jogo em 08 de outubro e falhando o Europeu organizado pela França, que Portugal ganhou em 2016, e a conquista do título mundial em 2018, na Rússia.

Na ocasião, o avançado 'merengue' terá admitido ter falado com Valbuena, mas a pedido de um amigo de infância, que foi abordado por três chantagistas que estavam na posse de um vídeo de sexo e que pretendiam 150.000 euros.

Karim Benzema Supremo Tribunal Francês Real Madrid Supremo Matthieu Valbuena futebol desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)