Sub-categorias

Notícia

Número elevado de arguidos atrasa interrogatórios a agressores do Sporting

Grupo de detidos começa esta quarta-feira a ser ouvido no Tribunal do Barreiro.
Por Lusa|16.05.18
O juízo de instrução criminal do Barreiro do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa informou esta quarta-feira que ainda não deu início ao interrogatório aos arguidos detidos na sequência das agressões de terça-feira em Alcochete.

No comunicado do juiz de instrução criminal é referido que "devido ao grande número de arguidos e à complexidade das questões em causa, determinantes da maior ponderação, ainda não se deu início à diligência de primeiro interrogatório judicial aos arguidos, nem há previsão para tal".

Os detidos na terça-feira após os incidentes ocorridos na Academia de Alcochete, com agressões aos futebolistas do Sporting, foram transportados esta quarta-feira para o Tribunal Criminal do Barreiro, onde começam a ser ouvidos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De suiriri16.05.18
    A presente situação tem a ver com o excessivo protagonismo que as sociedades dão ao futebol em detrimento do incentivo à procura de acctividades culturais. Assim o futebol muitas vezes é utilizado como válvula de escape das frustações individuais e colectivas......
1 Comentário
  • De suiriri
    A presente situação tem a ver com o excessivo protagonismo que as sociedades dão ao futebol em detrimento do incentivo à procura de acctividades culturais. Assim o futebol muitas vezes é utilizado como válvula de escape das frustações individuais e colectivas......
    Responder
     
     0
    !