Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Tondela e Vitória de Setúbal 'condenam' Portimonense à II Liga

Três jogos concluíram este domingo a edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol, vencida pelo FC Porto.
Lusa 26 de Julho de 2020 às 23:48
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Vitória de Setúbal - Belenenses SAD
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
Moreirense - Tondela
O Tondela e o Vitória de Setúbal venceram este domingo na 34.ª e última jornada da I Liga portuguesa de futebol, escapando à despromoção e 'condenando' o Portimonense a cair para o escalão secundário, mesmo tendo vencido.

A vitória caseira por 2-0 sobre o lanterna-vermelha Desportivo das Aves, que a acompanha para a II Liga, não chegou para a formação algarvia se manter na I Liga.

Mesmo com golos dos brasileiros Wyllian (62 minutos) e Dener (89), a equipa de Portimão regressa à II Liga, em que esteve pela última vez em 2016/17, ano em que foi campeã e voltou ao principal escalão, ao lado dos avenses, que também 'acompanham' a descida.

A equipa de Paulo Sérgio, que acabou com 33 pontos em 17.º lugar, precisava de derrotas que não chegaram, nem do Vitória de Setúbal, 16.º com 34, nem do Tondela, 14.º com 36.

Em casa do Moreirense, os beirões venceram com dois golos de penálti, de João Pedro, aos 45, e de Pepelu, aos 90, a anular um tento de João Aurélio (70), que então empatava para os oitavos classificados.

A formação do distrito de Viseu, que ainda ultrapassou o Belenenses SAD, tinha dado, antes, um passo de 'gigante' rumo à manutenção, ao bater o Sporting de Braga (1-0) na 33.ª e penúltima ronda, sendo que precisava apenas do empate para seguir para a sexta temporada entre a elite do futebol português.

Em Setúbal, por seu lado, o Vitória escapou à descida graças a tentos de Jubal, aos 31, e de Pirri, aos 90+4, batendo o Belenenses SAD, que ainda caiu para 15.º, e assegurando a tranquilidade após um empate a zero com o Sporting, na ronda anterior, ter colocado o destino nas próprias mãos.

Os sadinos seguem para mais uma época na I Liga, em que têm mais de 70 presenças e vão para nova participação seguida, após um regresso em 2004/05, precedido de apenas uma época na II Liga.

Os três jogos concluíram este domingo a edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol, que foi vencida pelo FC Porto, com o Benfica, que defendia o título, no segundo lugar, e o Sporting de Braga a ocupar o último lugar do pódio.

Abaixo, o Sporting acabou em quarto lugar e o Rio Ave, quinto, também se apurou para as competições europeias, com Portimonense e Desportivo das Aves a seguirem para a II Liga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)