Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões aos bancos

Millennium e Novo Banco ficaram com 8 milhões de euros.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 26 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Bruno Fernandes
Bruno Fernandes FOTO: Will Oliver / EPA
A transferência do jogador Bruno Fernandes para o Manchester United rendeu oito milhões de euros ao Novo Banco e outros tantos ao Millennium BCP, apurou o CM junto das instituições bancárias.

Os dois maiores credores da SAD leonina viram assim ressarcidas parte da dívida com a venda do médio para Inglaterra. Segundo um comunicado da própria SAD sportinguista à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o atleta foi vendido por 55 milhões, mais um bónus de até 25 milhões. Deste valor, a SAD pagou 5,5 milhões de comissão às empresas Gestifute e Positionumber, ficando o Sporting com 10% de uma mais-valia futura.

Segundo apurou o CM, a SAD leonina tem cumprido com as obrigações assumidas perante os dois bancos, após a recompra da posição das instituições financeiras através dos Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis em Ações (VMOC) ao preço de 30 cêntimos por título, o que resultou num ‘perdão’ de 94,5 milhões de euros, tal como o CM noticiou em maio de 2018. A dívida está a ser abatida, segundo o acordo assinado.
Bruno Fernandes Manchester United Millennium BCP Novo Banco SAD leonina desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)